A FAMÍLIA E SUAS ESCOLHAS

j2qigsaodwoty5sgr_jyhhf6sjts3d3d6-y7shawkwenwt66wez2nlhruwsdxze6rja5ij_3wrnybcrmuscog3tmnkrufg

A FAMÍLIA E SUAS ESCOLHAS
Josué 24: 14 – 27

Josué não apenas era o líder de sua casa, mas líder de uma nação. Ele
teve que substituir Moisés o maior líder que já existiu. Sua missão não seria
fácil.
Josué foi o responsável por conduzir o povo à chamada “terra prometida”.
Atravessou o rio Jordão, enfrentou grandes exércitos, derrubou muralhas
intransponíveis, orou e o sol parou para que pudesse continuar a lutar.
Conquistou cidades e edificou novas cidades. Fez a divisão da terra de
acordo com as doze tribos de Israel.
Aquele povo enfim conquistou a tão sonhada liberdade. Finalmente eles
poderiam viver e desfrutar os privilégios de uma nação livre.
Chegamos aqui então ao clímax de uma história de vida entre desertos,
batalhas derrotas e conquistas, onde Josué se prepara agora para sua
despedida.
O segredo do êxito não é difícil de reconhecer, sim Josué sabia de algo
importante para isto: “O Senhor pelejou por eles”. Deus estava ao lado deles.
Em seu discurso de despedida ele diz: “Agora estou prestes a ir pelo
caminho de toda a terra. Vocês sabem, lá no fundo do coração e da alma, que
nenhuma das boas promessas que o Senhor, o seu Deus lhes fez deixou de
cumprir-se. Todas se cumpriram; nenhuma delas falhou. (23: 14).
Josué agora reúne os principais lideres de cada cidade e faz uma
assembléia nacional para que eles tomem a maior de todas as decisões de
suas vidas.
Sim, de agora em diante eles viveriam em liberdade como nação
independente, mas cada líder de família teria que tomar uma decisão
importante e Josué faz uma pergunta aos principais lideres: “Escolham hoje a
quem irão servir?”.
Josué já havia tomado uma decisão e diz qual foi: “Mas, eu e a minha
família serviremos ao Senhor”.
Decidir implica em escolhas e opções que nem sempre são fáceis de
fazê-las.
Mas a vida é feita de escolhas. Nossas escolhas determinam sucesso ou
fracasso, ganho ou perda, vitória ou derrota.
E na vida espiritual não poderia ser diferente; precisamos decidir se
queremos ou não queremos Deus ao nosso lado.

A melhor coisa que Deus criou para o homem foi à liberdade de escolha.
Sim, o homem desde o inicio desejou viver livre e independente de Deus.
Mas a pior coisa que o homem pode fazer dentro desta liberdade são
as escolhas erradas para sua vida.
Somos frutos das nossas escolhas. Lembre-se: “Você é livre para fazer
suas escolhas, mas se torna prisioneiro das suas conseqüências”.
Josué conhecia o coração daquele povo e por isso ele faz um alerta: Aquela
decisão não poderia ser da boca para fora, tinha que ser de verdade.
Confessar com a boca, mas também viver de acordo com aquela decisão.
Então o povo responde que de maneira nenhuma deixaria de servir a Deus,
pois reconhecia as maravilhas que Deus havia feito em favor deles.
Vejam: Josué não está falando para aquele povo crer em Deus, isto ele
sabiam e criam. A escolha era para servir ou não a Deus. Servir é diferente de
crer.
Servir é amar a Deus sobre todas as coisas… Servir é dedicar a sua vida a
Ele… Servir é agradar a Deus e fazer aquilo que agrada o coração de Deus…
Servir é obediência a Ele e a sua palavra.
Servir é se submeter à missão que Deus tem para a sua vida e honrá-lo
com entrega total.
Uma vez que aquele povo toma a decisão de servir a Deus, Josué lhes
pede algo de suma importância para uma vida com Deus: “Agora, então,
joguem fora os deuses estrangeiros que estão com vocês e volte-se de
coração para o Senhor, o Deus de Israel”. (23).
Percebam: Aquele povo cria em Deus, mas no íntimo deles adoravam falsos
deuses.
Ou seja, quem deseja tomar a decisão de servir a Deus, precisa abrir mão
dos seus desejos e anseios particulares para viver uma vida com Deus.
Josué se submeteu a vontade de Deus para a sua vida, por isto se tornou
um líder irrepreensível e respeitado por uma nação.
Quem sabe você pode estar pensando que isto era algo apenas para aquele
povo do velho testamento, mas precisamos lembrar que Jesus resumiu toda a
lei em dois mandamentos: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo
como a ti mesmo”.
Servir a Deus implica em amar a Deus acima de todas as suas vontades e
também amar o próximo.
Afinal, amar significa também servir ao teu próximo.

Se com a tragédia na cidade de Brumadinho você não tirou um tempo de
oração por aqueles que estão sofrendo com a perda de seus familiares, você
precisa rever os seus conceitos de amar ao próximo.
Servir a Deus é também servir ao próximo. Se você não faz isto, você está
vivendo apenas para si mesmo e o teu próximo não passa de postagens
virtuais de autoengano.
Diante da confissão daquele povo que desejava servir a Deus, Josué ergue
uma pedra como um memorial testificando aquela decisão.
Aquele memorial serviria como uma testemunha contra eles mesmos, caso
fossem infiéis a Deus.
Amados, hoje estamos reunidos aqui com os principais lideres de famílias.
Deus nos reuniu aqui para que pudéssemos fazer hoje uma escolha da qual
depende a benção de Deus para nossa família.
Temos aqui um memorial: A mesa do Senhor. Não é um memorial feito de
pedras, mas um memorial representando a carne e o sangue de Jesus.
Este memorial é o símbolo de uma nova aliança, de uma nova vida com
Cristo.
Memorial este estabelecido por Jesus para aqueles que desejam amar,
servir e se submeter a ele.
Da mesma forma que Josué pediu para aquele povo fazer uma escolha,
podemos escolher hoje a quem vamos servir.
Vamos continuar servindo a nós mesmos, ou servir a Deus com integridade
de coração e de vida.
Lembre-se: Nossa família depende da decisão que vamos tomar.
Sim, a liberdade que temos é a liberdade de escolhas. Podemos escolher
hoje a quem vamos servir.
Que a sua decisão hoje possa ser a mesma escolha de Josué: “Mas, eu e a
minha família serviremos ao Senhor”.
Se a sua decisão for servir a Deus, apenas se lembre que estamos fazendo
isto diante de um memorial sagrado.
Este memorial será testemunha contra você, caso seja infiel a sua decisão.
Se a sua decisão for servir a Deus com sua família, então pegue o cálice e
coma do pão.

Se você tomar hoje a decisão de servir a Deus, certamente será a melhor
escolha para você e para a sua família.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s