UM ESPÍRITO DIFERENTE QUE VENCE O PESSIMISMO E A INCREDULIDADE.

 

Destaque-se

Números 14: 24 – Josué 14: 6 – 15

Um dos episódios marcantes na história do povo de Israel foi quando
Moisés envia doze homens para espionar a terra que iriam possuí-la por
promessa.
Ficaram cerca de quarenta dias fazendo um levantamento da situação da
terra que iriam possuir. Era uma terra fértil conforme Deus havia prometido.
Trouxeram figos, romãs e uvas que tamanho eram os cachos que
precisavam dois homens para carregá-los.
Este era o lado bom do relatório. O lado ruim eram os povos que viviam lá.
Eles eram guerreiros de grande estatura. As cidades deram fortificadas e
exércitos poderosos.
Ao voltarem os espias deram um relatório pessimista e incrédulo, mesmo
Deus decretando que eles herdariam aquela terra.
Diante daquele relatório o povo teve que tomar uma decisão: “Entrar ou não
entrar naquela terra”.
Dez dos doze espias foram incisivos e inflamaram o povo insistindo para
que não cometessem aquela loucura, pois as chances eram mínimas.
O povo começou a reclamar dizendo que era melhor eles terem morrido no
deserto ou ainda voltar para o Egito e retornar a escravidão.
Que decisão tomar diante de notícias terríveis?

Que passos dar diante do medo e da incredulidade?

Porém Moisés, Arão, Calebe e Josué, os únicos que insistiam em
prosseguir, prostraram-se diante da assembléia, rasgaram suas vestes e mais
uma vez mostraram que o fruto da terra era bom.
Falaram que Deus havia prometido aquele lugar para eles. Eles precisavam
crer e confiar no que Deus havia falado e prometido, pois a vitória seria certa.
A atitude daquele povo resultou na ira de Deus, que impediu o povo de
alcançar a promessa e a transferiu para seus filhos…
Aquela geração incrédula não herdou a terra prometida, ficaram por 40 anos
vagando pelo deserto.
Porém, a sentença que Deus dá a Calebe, um dos que permaneceu firme e
crendo na promessa foi bem diferente:

“Mas, como o meu servo Calebe tem outro espírito e me segue com
integridade, eu o farei entrar na terra que foi observar e seus descendentes a
herdarão”.
Percebam bem a frase: “Tem outro espírito”. Calebe tem um jeito diferente
de ver e reagir diante de notícias pessimistas.
Eu gosto da forma como Deus se refere à Calebe: Tem outro espírito – Tem
um espírito diferente.
Calebe se impressiona muito mais com o poder de Deus do que com o
tamanho dos gigantes e exércitos que estão naquela terra.

Calebe viu o mar se abrir, viu água saindo da rocha, comeu maná caindo
dos céus, viu o exercido de faraó se afogar no mesmo mar… E agora vai se
intimidar por causa de um exército de gigantes?
Calebe não se deixa inflamar pelas notícias ruins e pessimistas. Calebe não
dá ouvidos ao que o povo está dizendo… Calebe segue firma ouvindo as
promessas de Deus.
É justamente no momento mais tenso e decisivo da história que o espírito
de cada um é revelado.
A grande maioria das pessoas possui um espírito de revolta… Outros
um espírito de murmuração… E outros ainda um espírito incrédulo.
Porém Calebe possuía outro espírito, um espírito diferente, um espírito
integro, crente, grato, submisso a Deus e a sua vontade e isto fez toda a
diferente na sua história.
Chegamos então no texto de Josué 14.
Passaram-se quarenta anos no deserto, Josué conduziu o povo para a terra
prometida, já havia sido feita a divisão das terras então Calebe vai até Josué e
pede sua herança.
A história do povo de Israel é pedagógica. Assim também tem sido nossa
jornada de vida e fé. Entre a nossa conversão e o descanso no eterno iremos
viver inúmeras experiências terríveis.
Notícia das quais não gostaria de ouvir. Tragédias, pessimismo, abalos por
todos os lados.
São a violência, casamentos desfeitos, indiferenças entre pais e filhos e as
notícias nos jornais as piores possíveis.

Tudo isso gera em nós um negativismo, incredulidade, desanimo. Abrimos
mão dos nossos sonhos, ideais, ministérios e até mesmo da família.
E hoje somos desafiados a voltar para trás ou seguir em frente.
Murmurar, lamentar ou ter “outro espírito”?
Como seguir em frente e com fé?
1) Nunca perca a esperança. (7).
Passados muito anos Calebe ainda mantinha acessa a promessa de Deus
em seu coração. Seu relatório a respeito da terra foi digno e conforme sentia no
coração.
2) Continue sendo inteiramente fiel a Deus. (8).
Calebe foi perseverante na mente e no coração. Mesmo diante de um
relatório que fez o povo desanimar, ele perseverou em crer nas promessas de
Deus sobre a sua vida.
Vale à pena continuar firme e fiel na jornada da vida.
Ilustração: Filme Invencível = Louis Zamperini, atleta olímpico, sofre um
acidente de avião e cai em pleno mar durante a Segunda Guerra Mundial. Ele
passa 47 dias no oceano e, quando consegue encontrar terra firme, é
capturado pelos japoneses.
Então ele é enviado para um campo onde permanecerá por anos
enfrentando difíceis e cruéis condições de sobrevivência. Estes serões os
maiores testes a permanecer firme em sua jornada de vida e sua fé.
3) Renove as suas forças nas promessas de Deus sobre sua vida. (10,11).
Se reanime, tenha força, coragem e fé no Deus que nunca falhou.
Calebe continuou mantendo o mesmo espírito de sempre. Aquela geração
incrédula passou, mas ele continua vivo e perseverante com a mesma fé.
4) Prossiga sempre com um alvo em mente. (11,12).
Calebe tinha razões pelas quais lutar. Ele sempre viveu com um alvo em
mente. Manteve o mesmo vigor espiritual.
Aquela montanha era seu alvo em toa a sua vida e ele nunca desistiu de
lutar por ela.
5) Nunca desista de lutar.
Mesmo que os relatórios que a vida nos apresente sejam desanimadores…
Negativos… Desafiadores… Mantenha um espírito diferente.

Lembre-se sempre: Existem promessas de Deus para nossas vidas que
inclui restauração… Salvação… Libertação… Suprimentos… E paz.
Enfrente os seus medos… Lança fora o espírito de covardia. Deus é
conosco. Seu Espírito nos dá força para continuar a lutar e vencer.
Não se acomode com a situação, siga em frente. Coragem ânimo. NÃO
DESISTA!
Qual é a sua montanha a ser conquistada?
“Será que você não sabe? Nunca ouviu falar?”
“Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os
jovens de cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas
aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como
águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam”. Isaias 40: 28,
31.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s