GRATIDÃO

bondade-deus

GRATIDÃO

“Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?”. Sl. 116: 12.

Todavia, como está escrito: “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam”. I Cor. 2: 9.

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amem!”. 

Amados irmãos, diante de verdades incontestáveis da palavra do Senhor para nós, surge à mesma pergunta que o salmista fez diante do amor de Deus: “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo”?

Creio que a resposta pode ser uma só: GRATIDÃO. Sim sermos agradecidos a Ele por tudo o que tem feito.

Apresentarmos-nos diante de Deus com um coração agradecido, com ações de graça, com louvores, com orações e com júbilo e festas.

Neste mês de novembro nos Estados Unidos se comemora um se seus feriados mais importantes: O dia nacional de ações de graça.

Como o próprio nome diz o Dia de Ação de Graças é um dia onde as pessoas se juntam para demonstrarem a sua gratidão a Deus pelas bênçãos recebidas durante o ano, expressando também carinho pelos seus amigos e familiares.

Infelizmente importamos tantas coisas dos Estados Unidos, menos esta comemoração.

Eu ainda me lembro de que na minha infância quando acontecia algo de bom em uma família, eles convidavam amigos e irmãos da igreja para o chamado “Culto de ações de graça”.

Era um culto “especial” para agradecer a Deus, seja por aniversário, compra de algo importante, por uma cura, um milagre, uma graça alcançada, enfim tinha-se um coração agradecido.

Creio que no decorrer de nossa caminhada, nos esquecemos de algo sublime para nossas vidas. GRATIDÃO. Sim sermos agradecidos a Deus.

Deixe-me fazer uma pergunta: Quais são os motivos que temos para agradecer a Deus?

Talvez você possa falar que o ano não está sendo bom, que a crise te pegou e aconteceram algumas coisas ruins e que talvez por isto você não tenha muito para agradecer.

Quem sabe precisamos compreender melhor o que significa gratidão.

GRATIDÃO = Não é apenas reconhecer que Deus é ou foi bom o tempo todo, mas é saber que mesmo em meio as circunstancias difíceis, sua graça estava presente.

É saber que sua mão estava estendida, que Ele nos auxiliou e que não nos deixou em nenhum momento só. É reconhecer que Ele estava ao nosso lado em nossa caminhada.

O simples fato de acordarmos vivos com aquele barulhinho de chuva já é motivo suficiente para sermos gratos a Deus.

E o simples fato de estarmos aqui hoje ouvindo esta palavra deveria transformar o nosso coração ingrato em um coração completamente agradecido a Deus.

Barbara R. Duguid em seu livro “Graça extravagante” diz: Gratidão é uma emoção forte e poderosa que acalma o espírito e restaura a ordem no universo.

Ou seja, a gratidão tem o poder de restaurar o nosso coração e Deus se agrada de um coração agradecido.

Mas qual é o nosso grande problema em sermos agradecidos?

 È que normalmente ficamos mais tristes e decepcionados com aquilo que ainda não conseguimos conquistar do que sermos agradecidos por aquilo que já conquistamos.

Por exemplo: Trocamos nosso celular por um melhor, mas o que queríamos ter mesmo era um Iphone 7.  Trocamos o nosso “pois é” por um “tá bom”, mas queríamos mesmo era um zerinho e sem carnê.

Então acabamos nos esquecendo de sermos gratos por aquilo que Deus tem nos dado dia a dia.

Precisamos sempre lembrar que as nossas necessidades estão sempre sendo supridas dia a dia, que o maná tá descendo que água tem brotado da rocha e que estamos firmes na fé mesmo em meio às tribulações.

O Senhor tem nos sustentado… Sua mão tem nos guiado e estamos sendo guardado debaixo das sombras de suas asas.

Então estou seguro e estou bem certo que nada poderá me separar do amor de Deus. E isto é motivo de agradecermos a Deus.

Deixe-me fazer outra pergunta: O que está roubando a sua gratidão?

Serão as dificuldades? As lutas? As tragédias familiares? As tempestades da vida? A falta de perspectivas em dias melhores?

Então precisamos voltar à palavra de Deus e nos lembrar de algo importante:

 “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.  Rm. 8: 28.

 A palavra “todas” significa exatamente isto, “todas”, ou seja, tudo o que acontece, aconteceu o está acontecendo vai colaborar para o seu próprio bem.

Certa vez José foi vendido por seus irmãos, para ele isto seria uma grande tragédia, mas passados muitos anos ele se tornou o homem mais poderoso do Egito.

Quando ele se reencontra com seus irmãos ele apenas diz: “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos”. Gn. 50: 20

Amados, creiam… Deus transforma as tragédias de nossas vidas em coisas boas. Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus.

Por isto, mesmo diante de um ano de dificuldades, temos muitos motivos para agradecer.

Hoje este é o meu culto de ações de graças. Eu sou imensamente grato a Deus, pois mesmo diante de um ano de incertezas e crises e que não esperava mais nada acontecer.

Tive o privilégio de tirar os dias de férias mais prolongadas de minha vida e conhecer lugares jamais imagináveis.

… Pois Deus realmente é poderoso para fazer muito mais!

Vou terminar dando um exemplo de gratidão: A festa de Babette. Ou O banquete de Babette.

Babette teve a vida destruída em uma França em guerra onde seu marido e seu filho foram fuzilados, mas ela consegue fugir para a Noruega.

Lá ela encontra abrigo na casa de duas irmãs, no entanto acaba vivendo agora de forma simples em um vilarejo.

Passados 12 anos ela ganha um premio na loteria e quando todos pensavam que ela iria voltar para a França, ela acaba fazendo uma grande festa, um banquete francês em agradecimento pelo acolhimento daquela família e do vilarejo.

Aquela mulher tinha tudo para voltar ao seu país, junto com outros familiares, mas ela resolve ser grata pela hospitalidade.

E você? Quais são os seus motivos para agradecer a Deus?

O salmista fez uma pergunta: “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?”.

      E ele mesmo responde: Erguerei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor… Oferecerei a ti um sacrifício de gratidão e invocarei o seu nome.

Notem: Ser grato a Deus é retribuir a Ele algo pelo que Ele tem feito.

De que forma você poderá fazer isto?

Orando… Dando graças…  Louvando… Adorando… E fazendo uma festa… Etc.

     “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?”. Sl. 116: 12.

Todavia, como está escrito: “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam”. I Cor. 2: 9.

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amem!”. 

Amados irmãos, diante de verdades incontestáveis da palavra do Senhor para nós, surge à mesma pergunta que o salmista fez diante do amor de Deus: “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo”?

Creio que a resposta pode ser uma só: GRATIDÃO. Sim sermos agradecidos a Ele por tudo o que tem feito.

Apresentarmos-nos diante de Deus com um coração agradecido, com ações de graça, com louvores, com orações e com júbilo e festas.

Neste mês de novembro nos Estados Unidos se comemora um se seus feriados mais importantes: O dia nacional de ações de graça.

Como o próprio nome diz o Dia de Ação de Graças é um dia onde as pessoas se juntam para demonstrarem a sua gratidão a Deus pelas bênçãos recebidas durante o ano, expressando também carinho pelos seus amigos e familiares.

Infelizmente importamos tantas coisas dos Estados Unidos, menos esta comemoração.

Eu ainda me lembro de que na minha infância quando acontecia algo de bom em uma família, eles convidavam amigos e irmãos da igreja para o chamado “Culto de ações de graça”.

Era um culto “especial” para agradecer a Deus, seja por aniversário, compra de algo importante, por uma cura, um milagre, uma graça alcançada, enfim tinha-se um coração agradecido.

Creio que no decorrer de nossa caminhada, nos esquecemos de algo sublime para nossas vidas. GRATIDÃO. Sim sermos agradecidos a Deus.

Deixe-me fazer uma pergunta: Quais são os motivos que temos para agradecer a Deus?

Talvez você possa falar que o ano não está sendo bom, que a crise te pegou e aconteceram algumas coisas ruins e que talvez por isto você não tenha muito para agradecer.

Quem sabe precisamos compreender melhor o que significa gratidão.

GRATIDÃO = Não é apenas reconhecer que Deus é ou foi bom o tempo todo, mas é saber que mesmo em meio as circunstancias difíceis, sua graça estava presente.

É saber que sua mão estava estendida, que Ele nos auxiliou e que não nos deixou em nenhum momento só. É reconhecer que Ele estava ao nosso lado em nossa caminhada.

O simples fato de acordarmos vivos com aquele barulhinho de chuva já é motivo suficiente para sermos gratos a Deus.

E o simples fato de estarmos aqui hoje ouvindo esta palavra deveria transformar o nosso coração ingrato em um coração completamente agradecido a Deus.

Barbara R. Duguid em seu livro “Graça extravagante” diz: Gratidão é uma emoção forte e poderosa que acalma o espírito e restaura a ordem no universo.

Ou seja, a gratidão tem o poder de restaurar o nosso coração e Deus se agrada de um coração agradecido.

Mas qual é o nosso grande problema em sermos agradecidos?

      È que normalmente ficamos mais tristes e decepcionados com aquilo que ainda não conseguimos conquistar do que sermos agradecidos por aquilo que já conquistamos.

Por exemplo: Trocamos nosso celular por um melhor, mas o que queríamos ter mesmo era um Iphone 7.  Trocamos o nosso “pois é” por um “tá bom”, mas queríamos mesmo era um zerinho e sem carnê.

Então acabamos nos esquecendo de sermos gratos por aquilo que Deus tem nos dado dia a dia.

Precisamos sempre lembrar que as nossas necessidades estão sempre sendo supridas dia a dia, que o maná tá descendo que água tem brotado da rocha e que estamos firmes na fé mesmo em meio às tribulações.

O Senhor tem nos sustentado… Sua mão tem nos guiado e estamos sendo guardado debaixo das sombras de suas asas.

Então estou seguro e estou bem certo que nada poderá me separar do amor de Deus. E isto é motivo de agradecermos a Deus.

Deixe-me fazer outra pergunta: O que está roubando a sua gratidão?

Serão as dificuldades? As lutas? As tragédias familiares? As tempestades da vida? A falta de perspectivas em dias melhores?

Então precisamos voltar à palavra de Deus e nos lembrar de algo importante:

      “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”.  Rm. 8: 28.

      A palavra “todas” significa exatamente isto, “todas”, ou seja, tudo o que acontece, aconteceu o está acontecendo vai colaborar para o seu próprio bem.

Certa vez José foi vendido por seus irmãos, para ele isto seria uma grande tragédia, mas passados muitos anos ele se tornou o homem mais poderoso do Egito.

Quando ele se reencontra com seus irmãos ele apenas diz: “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos”. Gn. 50: 20

Amados, creiam… Deus transforma as tragédias de nossas vidas em coisas boas. Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus.

Por isto, mesmo diante de um ano de dificuldades, temos muitos motivos para agradecer.

Hoje este é o meu culto de ações de graças. Eu sou imensamente grato a Deus, pois mesmo diante de um ano de incertezas e crises e que não esperava mais nada acontecer…

Tive o privilégio de tirar os dias de férias mais prolongadas de minha vida e conhecer lugares jamais imagináveis…

… Pois Deus realmente é poderoso para fazer muito mais!

Vou terminar dando um exemplo de gratidão: A festa de Babette. Ou O banquete de Babette.

Babette teve a vida destruída em uma França em guerra onde seu marido e seu filho foram fuzilados, mas ela consegue fugir para a Noruega.

Lá ela encontra abrigo na casa de duas irmãs, no entanto acaba vivendo agora de forma simples em um vilarejo.

Passados 12 anos ela ganha um premio na loteria e quando todos pensavam que ela iria voltar para a França, ela acaba fazendo uma grande festa, um banquete francês em agradecimento pelo acolhimento daquela família e do vilarejo.

Aquela mulher tinha tudo para voltar ao seu país, junto com outros familiares, mas ela resolve ser grata pela hospitalidade.

E você? Quais são os seus motivos para agradecer a Deus?

O salmista fez uma pergunta: “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?”.

      E ele mesmo responde: Erguerei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor… Oferecerei a ti um sacrifício de gratidão e invocarei o seu nome.

Notem: Ser grato a Deus é retribuir a Ele algo pelo que Ele tem feito.

De que forma você poderá fazer isto?

Orando… Dando graças…  Louvando… Adorando… E fazendo uma festa… Etc.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s