GUERRA (IN) VISÍVEL – GERAÇÃO INCRÉDULA

multidao

Marcos 9: 14 – 29

Este texto nos revela a incapacidade da igreja para enfrentar os desafios
gerados pela orquestração do inferno sobre a vida de um menino, um jovem
surdo e mudo.
No mundo existem pessoas sofrendo com as amarras de satanás e vemos
os discípulos discutindo teologia, filosofia, e tantos outros assuntos que movem
o mundo.
O texto nos relata que existia um jovem possuído por uma casta de
demônios e o desespero de um pai em pedir socorro, primeiro para os
discípulos que não conseguiram expulsar o demônio e logo depois para Jesus.
O que podemos ver aqui é uma igreja sem poder, sem vigor espiritual para
poder confrontar todo o poder de satanás e seus demônios.
Vivemos em um tempo em que muitas pessoas estão perdendo as forças
para lutar, pessoas sem esperança envolvidas em uma escravidão espiritual.
Vivendo sob o jugo e as amarras de satanás.
Existem muitas pessoas sedentas pela palavra, pessoas esperando o
momento de serem livres e libertas e a igreja não pode mais “se acostumar” ou
se envolver com conversar corriqueiras e infrutíferas.
A igreja, mais do que nunca em outras eras precisa se levantar para
combater as hostes do inferno, quebrar fortalezas e destruir todo intento do
inferno levantado contras aqueles que são imagem e semelhança de Deus.
“Pois o Reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder”. (I Cor. 4:
20).
Sei que para muitos aqui falar de satanás e seus demônios parece algo
meio folclórico, pois muitos hoje nem mesmo acreditam na existência de seres
demoníacos.
Preferimos acreditar em casuísmos ou estamos tão acostumados com a
maldade humana que achamos tudo “normal”.
Precisamos estar muito atentos: Na igreja hoje existem muitos pessoas
liberais, céticas e até mesmo incrédulas que negam a ação e a existência de
demônios.
E isto é o que mais vemos hoje e o que mais o diabo gosta. Que neguem a
sua existência.
Por outro lado não podemos superestimar o inimigo:

Existem igrejas que falam mais no diabo do que em Jesus. Ficam caçando o
diabo em tudo e em todos.
Pessoas assim acabam ficando neuróticas.
Por fim, Jesus chamou aquela geração de geração incrédula.
Que geração queremos levantar aqui? Uma geração que ouve e crê ou uma
geração tardia em ouvir?
Creio que este fato narrado nas escrituras revelam duas coisas importantes:
 Revela o poder de Deus sobre satanás e as doenças e são uma
prova de que Jesus tem a divindade do Pai e poder e autoridade
para destruir as obras de satanás
 Mas também serve para encorajar a nossa fé e nos mostrar que
através do Nome de Jesus, Deus pode operar milagres.
O texto nos revela que uma casta de demônios estava agindo na vida
daquele menino.
Aquele menino tinha convulsões, rangia os dentes, era jogado na água e no
fogo. Além disso, outro problema, um espírito mudo e surdo atuava sobre a
vida dele.
Um menino privado de falar e de ouvir… Este mesmo espírito demoníaco
tem aprisionado muitas crianças, jovens e adolescentes hoje.
Satanás não está poupando recursos nesta geração. Ele investe desde
cedo na vida das crianças.
Portanto, prestem atenção: Se as crianças podem ser cheias de demônios,
elas também podem ser cheias do Espírito Santo de Deus.
Satanás estava destruindo os sonhos de uma família, mas um pai cheio de
amor por seu filho o levou até Jesus.
Precisamos levar nossos filhos a ter um encontro pessoal com Jesus.
Precisamos orar por eles, estar com eles, os conduzirem a igreja e guerrear
por eles e com eles.
Percebam que Jesus foi direto ao ponto. E como satanás aprisionava
aquele menino? Deixando-o mudo e surdo.
Então Jesus repreendeu o Espírito mudo e surdo daquele menino.
Qual tem sido o maior problema desta geração incrédula?
Somos uma geração que têm ouvidos e não ouve!

Existe um entorpecimento espiritual, uma incapacidade de ouvir, crer e
compreender as verdades da palavra de Deus.
Este “ouvir” é a capacidade de assimilar o que Deus está falando. Uma
geração surda espiritualmente. São pessoas boas, amorosas, mas que
continuam passivas em relação a Jesus e a sua palavra.
Eu vejo a reação das pessoas durante a ministração da palavra, fico
pensando… Hoje o Espírito Santo vai queimar e derreter o coração… Hoje verei
arrependimento… E nada.
Fico me perguntando: Será que eles são inteiramente surdos? Será que
rejeitaram totalmente a Deus? Será que estão surdos os seus ouvidos?
Qual é o meu maior temor? É que pessoas boas, que vem a igreja todos os
domingos, mas que continuam sendo mornas acabará no inferno.
Não é quente e nem frio. Uma hora é lançado no fogo e outra hora é
lançado na água e o fim é a destruição.
Aquele menino também não conseguia falar, um espírito mudo atuava
em sua vida.
Pensem em uma situação tenebrosa. Quantas vezes aquele menino tentou
explicar para os seus pais o que estava acontecendo com ele e não podia falar.
Quantas noites mal dormidas querendo expressar o que estava sentindo e
uma voz presa na garganta querendo se libertar e não podia.
Aquele menino se tornou uma pessoa confusa, simplesmente não
conseguia expressar seus sentimentos, mesmo que quisesse, estava presa
amarrada a sua língua.
Quantas pessoas hoje estão vivendo assim, atormentadas por querer falar,
mas com medo de que não tenha ninguém para que possa se abrir sem se
envergonhar.
Temos vivido uma geração que está sofrendo com depressão, tentativas de
suicídio e elas não conseguem verbalizar aquilo que estão sentindo.
Na verdade, muitas vezes existe um espírito demoníaco agindo e os
impedindo de falarem.
Percebam que os filhos possuem muitas dificuldades de falar e se
comunicar com os pais dos seus sentimentos.
Eles preferem ouvir conselhos de amigos e fazer terapias, pois estes lhe
dirão exatamente o que “querem ouvir”… Com estes eles conseguem falar, se

comunicar, mas em casa ficam calados… Este é o espírito mudo atuando em
muitas casas.
Os filhos se esquecem de que o porto mais seguro que eles podem
encontrar é a sua casa, a sua família.
Porém precisamos deixar bem claro algo importante: É que nenhum pai ou
amigo íntimo pode levar uma pessoa muda e surda a ouvir e a falar.
Não será por meio de aconselhamento pastoral, não vai ser por meio do seu
amor por esta pessoa… Eles simplesmente estão mudos e surdos!
Mas sim, existe cura, existe esperança para aqueles que este espírito está
atuando em suas vidas.
Um verdadeiro encontro pessoal com Jesus Cristo. Isto muda tudo.
Foi o que aquele pai fez. Mesmo diante da sua incredulidade perguntou se
Jesus podia fazer alguma coisa por seu filho.
Jesus respondeu: “Tudo é possível àquele que crê”.
Precisamos buscar a Jesus, clamar por sua compaixão e misericórdia sobre
esta geração incrédula, surda e muda.
Precisamos clamar: “Senhor, envia teu Espírito Santo para despertar e
conquistar estes corações”… Se revele a eles… Tragam-os de volta… Eles são
seus.
Então Jesus repreendeu aquele espírito e ordenou que nunca mais
voltasse.
Aquele menino foi dado como morto, mas Jesus tomou-o pela mão e o
levantou… Ele ficou de pé na presença de Jesus.
Precisamos orar… Precisamos jejuar. Algumas espécies de demônios saem
somente assim, através do jejum e da oração. Jesus nos ensinando isto
novamente.
A igreja precisa se levantar novamente em oração e travar esta guerra in
(visível) contra satanás e seus demônios.
Precisamos orar para que o Espírito Santo vá atrás daqueles que estão se
perdendo… Orar para que seus corações sejam conquistados.
Orar para que eles possam ouvir e falar a respeito do que Jesus fez.
Precisamos orar por um despertar espiritual desta geração incrédula.

Aquele menino não foi sozinho até Jesus… Alguém o trouxe, neste caso foi
seu pai.
Precisamos conduzir nossos filhos, amigos e parentes até a presença de
Jesus.

 

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s