GUERRA (IN) VISÍVEL – PRINCÍPIOS INEGOCIAVEIS.

IMG_2763-2

GUERRA (IN) VISÍVEL – PRINCÍPIOS INEGOCIAVEIS.

O faraó respondeu: “Quem é o Senhor para que eu lhe obedeça e deixe Israel

sair?”. Êxodo 5: 2.

Quando entramos em uma guerra precisamos estar atentos e reconhecer a
sutileza de satanás. Ele tentará com todas as suas armas continuar nos
aprisionando.
Sabemos que satanás é um ser espiritual inteligente e poderoso que lidera
um exército de espíritos enganadores que tentarão seduzir o povo de Deus.
Nosso papel como cristãos é discernir toda a ação infernal que se levanta
contra nós e destruir fortalezas e todo argumento que nos mantêm reféns do
maligno.
Umas das principais marcas do mal é que ele busca nos convencer que
podemos estabelecer “padrões” de que ele não é tão ruim assim e que
podemos ter uma vida com Deus sem renunciar o Egito.
Desta forma, satanás, (aqui no caso deste texto representado por faraó),
tentará persuadir Moisés de que ele com o seu povo poderão “cultuar” a Deus,
mesmo vivendo no Egito.
Porém, quando entramos em uma guerra alguns princípios são
inegociáveis.
Todo o enredo desta guerra travada pelo diálogo entre faraó e Moises, nos
dá uma amostra de como satanás tenta nos seduzir a permanecer no Egito e
isto é muito nítido nos dias de hoje.
Percebam que Deus chama Moisés para ser o libertador de Israel, enquanto
faraó que fazer de tudo para manter este povo em escravidão.
Quais são as armas que faraó vai usar para manter este povo cativo?
1) Ele vai tentar desqualificar O senhor nosso Deus e sua obra em
sua vida.
Deus o “EU SOU” enviou e capacitou Moisés para esta grande missão e lhe
dá poder, promessas e mostra-lhe sinais da sua presença em sua vida.
Porém quando Moisés se apresenta diante de faraó pedindo para deixar o
povo livre faraó faz uma pergunta: “Quem é o Senhor, para que eu lhe obedeça
e deixe Israel sair?”. Êx. 5: 2.
Esta pergunta é perspicaz, faraó diz que não sabe, não conhece o Senhor
nosso Deus. Faraó despreza O Deus de Moisés.

Nunca despreze Deus, nunca despreze sua palavra e nunca despreze o
chamado de Deus para a sua vida.
2) Cuidado com a sobrecarga colocada sobre sua vida.
Quando faraó percebeu que Moises não se intimidou com sua postura, no
mesmo dia ele deu ordens para não fornecer mais palha para os hebreus
fazerem tijolos. Eles teriam que juntar a palha e continuarem a fazer a mesma
quantidade de tijolos.
Muito trabalho às vezes serve apenas para nos tirar do foco. Esta é umas
das artimanhas de satanás para nós nos últimos dias. Manter-nos atarefados.
A estratégia das múltiplas tarefas é para não darmos atenção no que Deus
está falando. “Aumentem a carga de trabalho dessa gente para que cumpram
suas tarefas e não dêem atenção as mentiras”. Êx. 5: 9.
Muito cuidado quando você não tiver mais tempo e energia para servir a
Deus por causa do cansaço e a correria do dia a dia. Isto pode ser uma arma
de satanás para te distrair e te roubar a presença de Deus em sua vida.
Ter tempo para servir a Deus, aos irmãos e a igreja deve ser um princípio
inegociável para nós.
Percebam que o propósito de Deus é nos libertar deste mundo e caminhar
para a terra prometida, mas o propósito de satanás é nos manter cativo,
prisioneiro.
3) Mesmo em meio às lutas e as dores, continue clamando a Deus
por livramento.
“E agora ouvi o lamento dos Israelitas a quem os egípcios mantêm
escravos, e lembrei-me da minha aliança. Êx. 6: 5.
Continue clamando, com choro, lágrimas, lamento e angustia. Deus está
vendo e ouvindo a prova que estamos passando e Ele não vai desistir de nós.
Deus dá uma palavra para Moises dizer aos Israelitas:
“Eu sou o Senhor. Eu os livrarei do trabalho imposto pelos egípcios. Eu os
libertarei da escravidão e os resgatarei com braço forte e com poderosos atos
de juízo. Êx. 6: 6.
Quando você não tiver suportando mais, mas continuar buscando a Deus
em oração, saiba que o inicio da tua libertação está próximo.
Deus ouvirá suas orações e elas servirão para Deus “minar o inferno” e
faraó vai ter que deixar o povo sair para ser livre. Deus envia dez pragas ao
Egito como sinal de esperança para o povo de Deus.
Mas não se engane faraó não desiste, ele quer te manter cativo.

Então irão surgir as propostas indecentes e indecorosas de faraó para tentar
seduzir o povo de Deus a não sair da escravidão.
4) Ilusão de que podemos servir a Deus no Egito.
Depois da quarta praga, a das moscas, faraó mandou chamar Moisés e
tenta iludi-lo, mostrando-se benevolente.
“Vão oferecer sacrifícios a Deus, mas não saiam do país”. Êx. 8: 25.
Esta é a grande ilusão dos nossos tempos, acharmos que podemos servir a
Deus sem mudança de vida.
É o famoso vá, mas fique! Você não precisa mudar, o mundo precisa te
aceitar do jeito que você é.
Na verdade a proposta parece ser simpática aos nossos olhos, mas no
fundo é uma verdadeira armadilha.
Muitos hoje tentam induzir o povo de Deus ao erro dizendo que podemos
adorar a Deus sem sair da escravidão do pecado.
Moisés rechaça esta idéia dizendo que isto não é algo sensato a ser feito.
(8: 26).
Precisamos deixar o Egito e adorar a Deus da maneira que lhe agrada e
não da maneira que nos agrada.
5) O engano de sair e poder voltar à hora que quiser.
“Disse faraó: Eu os deixarei ir e oferecer sacrifícios ao Senhor, o seu Deus,
no deserto, mas não se afastem muito e orem por mim também”. Êx. 8: 28.
Este é um dos maiores enganos. É sair do Egito, mas o Egito não sair de
dentro de nós. Quando der saudades dos velhos tempos, é só voltar.
Saia, mas fique por perto, mantenha os vínculos, não corte as suas raízes.
O engano é que podemos desfrutar o melhor dos dois mundos. Sedutor isto,
vocês não acham?
Um povo que vive com o coração e a mente dividida nunca será satisfeito
plenamente. NÃO PODEMOS SERVIR A DOIS SENHORES.
Não podemos viver uma vida de libertação sendo superficiais. Necessitamos
de consagração.
Vejam como satanás é ardiloso: Aproveitem e orem por mim também.

6) Precisamos adorar a Deus com toda a nossa família.
Depois da sétima praga, a de granizo, faraó manda chamar Moises para
fazer novas propostas indecentes.
Qual é a proposta agora? “Só os homens podem ir prestar culto ao Senhor,
como vocês têm pedido”. Êx. 10; 11.
Moisés havia falado a faraó que todos, jovens, velhos, os nossos filhos e as
nossas filhas, as nossas ovelhas e os nossos bois deveriam ir celebrar uma
festa ao Senhor.
Porém faraó permite apenas que os homens possam ir.
O povo de Deus é um povo que vive organizado por famílias. Nossas casas
devem ser casas paternas, nosso lugar de refugio.
Satanás tenta por todos os lados desorganizar as famílias. Isto vem sendo
feito desde o Egito. “Vão, mas deixem seus filhos para trás… Vão somente os
mais velhos… Seus filhos não precisam seguir seus costumes… Suas
doutrinas… Suas crenças.”.
O processo de deterioração da família está em voga hoje. Satanás está
levantando suas maiores armas contra as famílias de Deus. Nossa família não
pode estar dividida.
Deus deseja que nossas famílias sirvam a Ele para que ela seja uma família
salva, unida, forte, abençoada, feliz, saudável, louvando ao Senhor.
Não deixem ninguém de sua família para trás. Orem por suas famílias para
que todo intento de satanás seja quebrado.
7) Vá, mas seus bens ficam.
A última cartada de satanás e nos roubar os bens que possuímos. “Vão e
prestem culto ao Senhor. Deixem somente às ovelhas e os bois, as mulheres e
as crianças podem ir”. Êx. 10: 24.
Sem ovelhas e vacas não haveria sacrifícios de louvor a Deus. Este era o
costume dos Hebreus.
Precisamos reaprender a servir a Deus com tudo o que somos, mas,
também com tudo o que temos.
Nossos bens pertencem a Deus e nunca servirá para propagar o inferno.
Precisamos investir no reino de Deus com nossos bens.
Moisés dá uma resposta surpreendente: “Nem uma unha ficará no Egito. Êx.
10: 26.

Não podemos deixar nada para trás. Precisamos sair do Egito, deixar as
amarras de satanás com todas as suas propostas ardilosas e confiar somente
em Deus.
Certo dia os filhos de Deus se reuniram com suas famílias, passaram o
sangue do cordeiro nos umbrais de suas casas, celebraram a Deus e sua
libertação em família…
Houve morte no Egito, houve vida entre o povo de Deus.
Faraó não resistiu o poder de um homem que é usado por Deus e teve que
liberar o povo rumo à terra prometida.
E o mar se abriu para o povo passar em segurança.
Nosso Deus deseja nos libertar e libertar para sempre, para que fiquemos
longe do Egito.
Se você entrou nesta guerra, não negocie princípios espirituais com
satanás. Não ceda nem uma unha para Egito. É ele que tem que bater de
retirada e não nós que temos que ceder aquilo que Deus nos deu.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s