GUERRA (IN) VISÍVEL – O COMEÇO

Guerra

“A serpente me enganou e eu comi” Gn. 3: 13.

Vivemos numa cultura essencialmente terapêutica e o mal virou um conceito
que está desaparecendo gradativamente.
Estamos tão acostumados com cenas de vampiros e bruxas e com o terror
somente em filmes e jogos eletrônicos que nossa mente não mais consente
que existam forças demoníacas.
Percebam que quando existe um genocídio, tiroteio em escolas, holocausto
e ataques terroristas, raramente se falam que foram causadas por uma
orquestração infernal.
Os especialistas envolvidos com a grande mídia relacionam tais atos
abomináveis a uma infância traumática, bullings, exposição excessiva à
violência da televisão, jogos de vídeo games, etc.
Profissionais da área da saúde mental diagnosticam a causa como
desilusão ou alteração do estado de consciência devido ao uso de drogas ou a
um transtorno de dissociação de identidade.
Menos a conseqüência de influencia ou controle de um espírito demoníaco.
Não reconhecer a sutileza de satanás pode nos cegar para esta guerra
(in) visível.
Querendo ou não estamos travando uma guerra. De uma hora para outra
encontramos a tal “bala perdida”. Estamos sendo atacados e não estamos
sabendo identificar como ou de onde vêm os ataques de satanás.
Percebam algo importante: Quando satanás se aproxima de nós, ele nunca
chega arrastando as correntes com as quais vai nos prender e nos devorar. Ele
chega sutilmente.
O fato é que estamos travando uma guerra, muitos já perceberam ou estão
sentindo isto em suas vidas.
Satanás tem tentado com todas as suas armas enfraquecer a obra de Deus
em nossas vidas através de muitos argumentos e propagandas, nos seduzindo
através desta cultura contemporânea.
Satanás com toda a sua sutileza e astúcia está nos enganando ao ponto de
não mais enxergarmos e entendermos quando e de que forma isto ocorre.
Precisamos estar atentos e vigilantes a esta guerra e sabermos lidar de
forma bíblica com esta dura realidade.

O capítulo 3 de Genesis trás o relato da queda e a forma surpreendente de
como satanás age e continua agindo ainda nos dias de hoje. Ele não mudou
suas estratégias.
O texto que lemos diz: “A serpente me enganou, e eu comi”.
Algo importante precisa ser dito: “Somos pessoas vulneráveis aos ataques
de satanás, isto é um fato… Mas isto não diminui nossa responsabilidade
quando somos atacados”.
As armas de engano que satanás usa:
1) Seu processo começa com a difamação.
Na bíblia satanás é chamado de “o diabo” que significa difamador.
Ele difama, fala mal de Deus para o homem, mas também difama o homem
para Deus. Lembrem-se da história de Jó.
Ele disse a mulher: “Certamente não morrerão! Deus sabe que no dia em
que dele comerem, seus olhos se abrirão e vocês, como Deus serão
conhecedores do bem e do mal”. (3: 4).
2) Para nos tentar, satanás lança dúvidas no coração do homem.
Satanás sempre lança dúvidas com relação à palavra de Deus. “Foi isto
mesmo que Deus disse?”. (3: 1).
Sua proposta é tentar seduzi-los e enganá-lo colocando dúvidas ao que
Deus diz. É verdade mesmo? Será que é assim mesmo? Deus não agiria
assim? Afinal ele me ama.
Ficamos arrazoando no coração se é verdade mesmo o que Deus diz
ficamos vulneráveis em meio às dúvidas.
3) A sedução de sermos igual a Deus.
Na verdade queremos ser livres e estar no controle de nossas vidas.
Creio que esta é a maior de toda luta do homem. Pensar que se pode ser
livre e independente de Deus.
Liberdade, somente em Deus, afinal nos tornamos escravos do pecado e o
pecado gera morte e não liberdade.
Percebam o processo de sedução instaurado em nós:
 A mente fica conjecturando. Será mesmo verdade?
 Surge então a vontade de experimentar e comer o fruto da árvore.
 Consideramos a possibilidade e fazemos os planos.

 A decisão de comer então surge.
 A árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e,
além disso, desejável para obter discernimento.

Simples assim: O olho vê, a mão pega e a boca come. E queda consumada.
Existe um engano quando pensamos que a queda se deu quando
comeram do fruto da árvore proibida.
Enquanto Eva estava falando com a serpente, o conceito (leia-se filosófico,
ou ideológico) da serpente penetrou na sua mente e a mente ficou
contaminada por aquele conceito, então veio à queda.
“Cada um, porém é tentado pelo próprio mau desejo, sendo por este
arrastado e seduzido. Então esse desejo tendo concebido dá à luz o pecado e
o pecado, após ter se consumado, gera a morte”. Tg. 1: 14,15).
Percebam que o campo predileto de batalha de satanás é atingir a nossa
mente.
Um elemento estranho foi injetado em nossa mente que ganhou força no
coração e a queda foi inevitável.
As conseqüências disto é que ficamos fora da esfera da vida. Perdemos a
vida, perdemos a identidade que Deus tinha para nós… Morremos!
Muitos ficam fora de controle chegando ao ponto de cometer atos como até
mesmo o massacre de Suzano.
Ninguém ligou? Ninguém percebeu algo errado? Ninguém sabia? Os sinais
foram sendo dados, mas ninguém deu importância.
Precisamos ficar atentos contra as ciladas de satanás.
Quando vamos perceber que estamos nus? Que pecamos? Que saímos do
projeto de Deus? E que precisamos da sua restauração?
Permita-me dar um exemplo:
Assistindo a um programa de televisão surgiu uma questão que está
acontecendo em grandes centros urbanos e principalmente com crianças. O
TRANSTORNO POR DÉFICIT DE NATUREZA.
Dizem os especialistas na área que a (TDN) se manifesta por estarmos em
desconexão permanente com a natureza e que isto tem afetado nossa área
mental e nossa qualidade de vida.
Seus efeitos são: Obesidade infantil, asma, déficit de atenção,
hiperatividade, deficiência de vitamina D, osteoporose, raquitismo e outras
questões metabólicas.

Se Deus é o criador de toda a terra e de tudo o que nela existe e se
sentimento falta da natureza que Deus criou, imaginem os malefícios que
sentiremos por ficar longe da presença de Deus e do que diz sua palavra.
Fiquei pensando o que a falta de Deus, ou o TRANSTORNO POR DÉFICIT
DE DEUS, tem causado a muitas pessoas…
Por isto há muitos no meio de nós fracos e doentes e muitos já dormiram…
Morreram espiritualmente, por falta de Deus, pois suas vidas foram seduzidas
pelo engano de satanás.
Afinal, não temos tido mais discernimento do que se chama “corpo de
Cristo”. Participamos da ceia casualmente sem estar conectado com a
realidade do que ela representa.
Estamos ficando raquíticos espiritualmente e satanás tem cirandado no
meio do povo de Deus e enfraquecido suas forças.
Estamos sendo atacados por tudo quanto é lado e sem trégua. Não há
descanso.
QUAL É A SAÍDA? O QUE PODEMOS FAZER?
Deus já declarou sua sentença à serpente: “Porei inimizade entre você e a
mulher, este a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a
cabeça”. (3: 15).
Uma dura punição para quem pecou, mas uma grande sentença de
esperança e redenção.
Jesus é a descendência da mulher que pisou na cabeça de satanás,
aniquilando os poderes das trevas.
“Em breve o Deus de paz esmagará satanás debaixo dos pés de você”.
Rm. 16: 20
Precisamos nos posicionar ao lado de Jesus. Lembre-se nesta guerra não
existe meio termo. Ou você está ao lado de Jesus ou ao lado de satanás.
Precisamos orar e clamar, pedir libertação ao Senhor que pode livrar a
nossa mente e o nosso coração dos enganos e das armadilhas de satanás.
Existe inimizade entre os filhos da luz contra os filhos das trevas, a guerra
está travada e cada dia está mais visível quem são os filhos da luz.
Precisamos como igreja nos levantar, tomar posição, lutar e vencer esta
guerra.

As portas do inferno não prevalecerão contra a igreja de Jesus, contra os
filhos da luz.
Se posicione e vença as ciladas do inimigo.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s