A MULHER QUE ROMPE BARREIRAS

download

Marcos 5: 24 – 34

Verdadeiramente não consigo entender os sentimentos que uma mulher pode ter ao ver nos noticiários que mais uma mulher foi espancada, estuprada, violentada ou segregada apenas por uma condição: Ser mulher.

O que pulsa no coração e na alma de uma mulher ao ver tantas atrocidades cometidas contra elas.

Quais são os dilemas que as mulheres enfrentam em nossa sociedade?

Muitas perguntas ficam sem respostas. Por mais leis que se façam para “proteger” a mulher (por incrível que pareça ainda precisamos disto!) nunca é o suficiente.

Muitas conquistas foram benéficas para o universo feminino, mas muitas mulheres ainda continuam sendo negligenciadas.

Vivemos tempos que nos parece à era primitiva dos tempos bíblicos quando a mulher não tinha vez e nem voz.

De que forma uma mulher rompeu com todas as barreiras para ter um lugar ao sol?

Ou melhor, ainda, como Jesus rompeu com todas as barreiras sociais para dar dignidade e voz a uma mulher?

A mulher, suas barreiras e sua época: Vejamos alguns conceitos e preconceitos.

Toda mulher sabe das dificuldades e os efeitos e a inconveniência de uma mulher em seu período menstrual, porém, a mulher deste texto sofreu por longos doze anos deste tipo de hemorragia.

A mulher era considerada impura por apenas sete dias durante seu período regular. Porém por doze anos ela foi segregada da vida familiar e social.

Qualquer coisa que ela tocasse ficaria impura. Uma xícara de café, um pano de prato, uma toalha de banho. Um sofá que ela sentasse na casa do vizinho ficaria impuro.

Ela não poderia freqüentar lugares públicos. Mas creio que a coisa que a mais perturbava o coração e a alma era ficar longe do convívio familiar. Distante do seu marido e sem poder oferecer alimento aos seus filhos no caso ela fosse casada.

Não sabemos os motivos da sua enfermidade, sabemos apenas que ela já havia gastos todo o seu dinheiro procurando tratamento médico.

E o pior, parece que em vez de melhorar, ela piorava ainda mais. (25).

Preciso te fazer uma pergunta: O que te faz sofrer?

Será uma doença no corpo? Será uma doença na alma? São as finanças que não vão bem? É o casamento? São as preocupações com os filhos?

Ou serão os sonhos não conquistados? Ou pior, a falta de sonhos? Que privações você está passando?

Por quanto tempo você está passando por este sofrimento?

Sabemos que um sofrimento prolongado gera desesperança. Mas percebam que esta mulher não ficou amuada num canto reclamando da vida. Ela correu atrás da solução.

Rompendo barreiras.

 

  • Nunca abra mão dos teus sonhos.

 

Por mais fraqueza que aquela mulher sentia, ela nunca abriu mão do sonho de um dia ser curada.

Ela poderia estar perdendo a vida, mas não perdeu os sonhos. Ela queria ser curada, e foi!

Lute até o fim, nunca desista. Jesus resgata sonhos.

 

  • Nunca seja uma pessoa preconceituosa.

 

Vivemos em uma sociedade que luta contra os preconceitos, mas quando vamos falar de Jesus, surgem os preconceitos, e muitos.

Podemos falar sobre Deus que todas as religiões e crenças não se abalam, mas quando vamos falar de Jesus o preconceito se irradia.

Esta mulher “ouviu” falar de Jesus, sabia que ele estava passando por ali e não teve dúvidas.

Algo passava em seu pensamento: “Se eu tão somente tocar em seu manto, ficarei curada”.

Ela não somente rompe a barreira do preconceito, como toca no manto de Jesus.

 

  • Ela vence a barreira da multidão.

 

O que a multidão pensa ou deseja não pode impedir o teu aproximar de Jesus.

Percebam que todos querem estar perto de Jesus, mas não o querem realmente.

Mesmo na igreja, alguns vêm para orar, mas não tocam em Jesus. Alguns participam da ceia, mas não têm comunhão com Jesus.

Outros são batizados, mas não com o Espírito Santo para serem transformados.

Pessoas cantam, oram, ajoelham, ouvem suas palavras, mas nunca tocam em Jesus.

Ninguém pode te impedir de tocar em Jesus.

 

  • Ela vence a barreira através da fé.

 

 Realmente ela acreditava que se tocasse em Jesus ficaria curada.

 Foi um toque intencional. Ela almejava isto. Ela pretendia isto. Ela desejava ser curada.

Em seu coração ela acreditava que Jesus tinha poder para restaurar sua saúde.

Seu toque não foi acidental, foi intencional. Sim eu quero tocar em Jesus.

Percebam algo interessante: Houve cura física… A hemorragia estancou imediatamente. Ouve cura emocional… Jesus a chamou de filha. E houve cura espiritual… A tua fé te salvou.

 

  • Aquela mulher vence a barreira do medo e da mentira.

 

Ao sentir que seu corpo foi transformado, ela cai aos pés de Jesus e mesmo trêmula ainda, confessa a verdade.

“Eu sei que sou indigna, impura e que não poderia fazer isto, mas tu Jesus foste à última chance de esperança para mim… Sim fui eu quem tocou as suas vestes”.

Chega de viver fugindo, chega de viver mentindo, chega de aparências.

Em sua humildade, agora ela se prostra aos pés de Jesus e confessa… Fui eu. Eu queria isto. Em desejava este toque.   

 

  • Jesus é aquele que rompe todas as barreiras.

 

 Jesus é aquele que resgata o valor e a dignidade da mulher.

Creio que existam muita desinformação e preconceito a respeito de quem é Jesus.

Jesus nunca discriminou a mulher, pelo contrário, deu-lhe um lugar de destaque juntamente com seus discípulos.

Percebam a ternura com que Jesus se dirige a ela. Não como “uma mulher” ou como uma “pecadora”, mas sim como uma filha.

As palavras de Jesus para ela rompem todas as barreiras. Suas palavras invadem seu isolamento, suas angustias, suas dores trazendo sobre ela verdadeira libertação dos seus traumas.

A verdadeira libertação acontece com um verdadeiro encontro com Jesus. Quando tocamos Nele e somos reconhecidos por Ele.

Se verdadeiramente você tocar em Jesus, você também será tocado por Ele. E será transformado.

Jesus despede dessa mulher dizendo: “Vá em paz”.

A palavra usada aqui por Jesus é “shalon”. Sempre compreendemos a palavra hebraica “shalon” apenas como paz, mas ela tem o significado de plenitude, completo.

Significa paz, harmonia, integridade, prosperidade, bem-estar e tranqüilidade.

Esta mulher tocou no príncipe da paz. Somente em Jesus podermos encontrar tudo o que necessitamos para a vida.

Quem toca em Jesus, fica livre do seu sofrimento.

O toque de Jesus produz paz e liberdade.

Precisamos romper as barreiras que nos impedem de tocar em Jesus.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s