MULHER DE VERDADE, SIM, SENHOR

thumbs

Atos 9: 36 – 42

    Nossas digitais ficam impregnadas em tudo aquilo que tocamos e fazemos.  Quais são as marcas que deixamos na vida das pessoas que nos cercam?

    O que as pessoas falariam de você quando chegasse sua hora? Se fossem escrever um versículo bíblico a teu respeito qual seria?

    Vivemos o tempo do empoderamento feminino. O empoderamento feminino busca o direito das mulheres de poderem participar de debates públicos e tomar decisões que sejam importantes para o futuro da sociedade.

    Por desconhecerem Jesus, algumas pessoas chamam a bíblia de machista, quando na verdade Jesus deu às mulheres um lugar especial em seu ministério.

    As mulheres dentro das igrejas sempre fazem e fizeram uma grande diferença em toda a estrutura religiosa e precisamos reconhecer o seu papel de vital importância para o desempenho de uma comunidade religiosa.

    O papel desempenhado por Dorcas na vida de outras pessoas é tão significativo que ela é a primeira mulher a ser chamada de discípula de Jesus.

    Sim, uma discípula, uma mulher que seguia os passos de Jesus e que por amor a Jesus supria as necessidades das viúvas e dos pobres de sua comunidade.

    O capitulo nove de Atos fala a respeito de uma grande conversão: “Saulo, um perseguidor implacável de cristãos”, mas que um dia conhece a Jesus.

    O texto ainda fala a respeito da cura de um homem paralitico chamado Enéias, o qual Pedro diz que Jesus iria curá-lo e então ele se levanta da sua cama e anda.

    E chegamos então a este mais notável milagre que é a ressurreição de Dorcas.

    Dorcas, uma mulher de verdade, uma mulher a frente do seu tempo, uma mulher usada por Jesus para servir de exemplo hoje e para nos inspirar a viver uma vida para Deus.

    Dorcas era reconhecida por ser uma mulher notável pela pratica da costura. Ela fazia vestidos e outras roupas para as viúvas necessitadas.

    Percebam a diferença que uma agulha e uma linha poder fazer na vida de uma pessoa.

    Então precisamos desmistificar algo: “Não pense que seja necessário realizar grandes atos, nobres e notáveis para que sua vida glorifique a Deus”.

    Nossa vida pode glorificar a Deus e ser usada por Deus por meio de simples gestos de amor ao próximo.

    Talvez o dom que melhor poderia descrever a vida de Dorcas era o dom de socorro. Sim, ajudar a socorrer aqueles que a rodeavam com gestos de ternura.

    Suas costuras, seus vestidos, suas roupas socorriam pessoas necessitadas. Ela usou justamente aquilo que ela sabia fazer para glorificar a Deus.

    Deus deu a Dorcas a habilidade da costura e ela usou isto para ganhar vidas para Jesus.

  • Quais são as habilidades naturais que Deus lhe Deu?
  • De que forma você pode usar isto para glorificar a Jesus?
  • Sua vida expressa o amor de Deus? De que forma?

    Percebam que a influencia de Dorcas na vida das pessoas eram tão grandes que quando ela morreu havia muitas pessoas chorando por sua partida.

    Suas digitais estavam impregnadas não nos vestidos ou nas roupas que ela fazia, mas sim no coração das pessoas que a rodeavam.

    Notem que as pessoas amavam a vida de Dorcas. Ela era muito querida por todos que a cercavam.

    Era tão amada que mesmo sabendo que ela havia morrido as pessoas a sua volta ainda pediram para duas pessoas irem a outra cidade chamar Pedro, pois sabiam que ele estava na cidade de Lida.

    Imaginem a cena: Dois homens chegam a Pedro, falam que uma discípula de Jesus havia morrido e pedem para ele ir até lá.

    O que estes dois homens falaram a respeito da vida de Dorcas? Creio que falaram com tanto entusiasmo, com tanta ternura e com tanta compaixão que Pedro não poderia se recusar a ir.

    Quando Pedro chega, as pessoas estão chorando. Percebam que não são apenas os parentes chorando, mas sim todos aqueles há quem um dia ela estendeu a mão.

    Creio que o coração de Pedro se encheu de compaixão também pela vida de Dorcas.  

     Naquele momento ele se lembra da ressurreição da filha de Jairo, a qual Jesus não desistiu no meio do caminho, mesmo sabendo que ela já havida morrido.

    Então Pedro se ajoelha e ora. Ele então se volta para Dorcas e diz: “Levante-se”.

    Sim, até os mortos ouvem uma palavra de ordem quando é dada em nome de Jesus.

    Pedro então a toma pelas mãos e ajudou-a a se levantar, em seguida apresentou Dorcas viva novamente para servir a Jesus e a igreja.

    O que você acha que aconteceu quando Pedro levou Dorcas de volta aos seus amigos? Como será que eles reagiram?

 

  • Se por acaso um dia você for embora, as pessoas sentirão a sua falta?
  • Chorarão por sua partida?
  • Iriam se lamentar por você não estar mais por perto?
  • Iriam chamar pessoas para orar por você?
  • Que “tipo” de falta você faria para as pessoas?
  • Quais são as marcas que você deixará impregnadas no coração das pessoas?

 

    Lembro-me da música que Nelson Gonçalves cantava: “Naquela mesa ta faltando ele e a saudade dele ta doendo em mim”.

    Precisamos reaprender a viver um estilo de vida da qual possamos primeiramente viver para Deus, sermos usados por Deus.

    Precisamos reaprender a viver um estilo de vida que marque a vida dos nossos familiares.

    Mas acima de tudo precisamos reaprender a viver um estilo de vida que gerem marcas profundas na vida de outras pessoas.

    Marcas estas que gerem vidas transformadas nas pessoas que nos cercam.

    Precisamos reaprender a viver um estilo de vida no qual deixaremos saudades por onde passarmos.

    Este texto também é um grande desafio para nós hoje.

    Creio que muitas pessoas ainda não descobriram como suas vidas podem ser vividas para glorificar a Jesus e percebemos que não precisamos de muita coisa.

    Você precisa descobrir como você pode ajudar na vida de sua comunidade de fé.

    Mas creio também que muitas pessoas enterraram seus dons e talentos e precisam receber uma palavra de ordem: “Levante-se”.

    A igreja de Jesus precisa de você. Sua vida precisa glorificar o Rei dos Reis, Jesus Cristo, nosso Senhor e salvador.

    Assim como Pedro tomou a Dorcas pela mão e a ajudou a se levantar, também precisamos estender as mãos para aqueles que estão mortos espiritualmente.

    Como igreja, queremos ter a alegria estampada em nossos rostos ao receber de volta aquele que estava morto, mas ressuscitou.

    Jesus quer você vivo, de volta, servindo a Ele e a sua igreja.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s