A VOZ DO ESPÍRITO E A IGREJA (ESMIRNA)

download

Apocalipse 2: 8 – 11

Com tantos atrativos sendo intensificada nos nossos dias a pergunta que
não quer calar é esta: “É possível para o cristão ser fiel até a morte?”.
A igreja de Esmirna juntamente com a de Filadélfia são as igrejas que não
ouvem de Jesus as seguintes palavras de advertência: “Contra você, porem,
tenho isto”.
Não se ouve nada contra esta igreja. Ela está cumprindo e vivendo o seu
papel como igreja de Jesus.
Poderíamos afirmar que esta seria uma igreja “saudável” a quem
poderíamos tranquilamente frequentar.
Possuía ensino da palavra com simplicidade. Não inventavam e nem viviam
por “modinha”. Não seguiam qualquer vento de doutrina. Viviam o evangelho
sem complicações.
Porém Esmirna era uma igreja pobre vivendo dentro de uma cidade rica.
Jesus se apresenta a esta igreja como sendo O primeiro e o último, que
morreu e tornou a viver. Estas palavras soavam poderosamente aos ouvidos
daquela igreja.
A cidade de Esmirna havia sido destruída completamente já não havia mais
esperança para ela.
Então em uma orquestração política com Roma um homem chamado
Lisímaco reconstruiu e fez daquela cidade a mais bela cidade de Ásia.
Uma cidade que havia morrido e tornou a viver.
Então Jesus fortalece o espírito daquela igreja fiel que vivia em meio às
aflições e tribulações com estas palavras extraordinárias: “Ele é o primeiro e o
último, que morreu e tornou a viver”.
Em outras palavras Jesus está dizendo para a igreja: Eu conheço, eu sei o
que vocês estão passando, não fiquem pensando que vocês estão sozinhos;
eu estou acompanhando vocês de perto e estarei com vocês até a
consumação dos séculos.
Jesus não está calado e assistindo as provas que a igreja está passando…
Nosso Deus é um Deus que intervém… Ele vai agir em favor da igreja…
Ele anda no meio da igreja, conhece a igreja e a igreja precisa ouvir a sua
voz!

Aquela igreja estava atravessando um momento de provas e Jesus conforta
aquela igreja dizendo que conhecia as suas aflições.
“Aflição” = É um aperto, um sufoco, um esmagamento. Uma pressão de
acontecimentos sobre a igreja que procurava forçar a igreja a abandonar a sua
fé em Jesus.
Naquela época a igreja estava sendo atacada. Eram forçados a adorar o
imperador como se fosse deus.
Existia um monte chamado Pagos onde 1200 cristãos foram lançados
precipício abaixo. Depois mais 800 sofreram a mesma coisa por não se
curvarem ao imperador.

Possivelmente Policarpo, bispo da igreja foi lançado em uma fogueira e
queimado vivo, pois se negou a maldizer a Jesus Cristo e serviu a igreja até a
morte com as seguintes palavras: “Por oitenta e seis anos eu tenho servido a
Jesus, e Ele nunca me fez mal, só o bem. Como posso eu maldizer ao meu Rei
e Salvador?”.
O apóstolo Paulo também encoraja a igreja de coríntios com as seguintes
palavras: “Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a
desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovado dia após dia. Nossos
sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna
que pesa mais do que todos eles… Assim, fixamos os nossos não naquilo que
se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas a que não se
ver é eterno”. (2 Cor. 4: 16,17).
Aos romanos ele também diz: “… Sabemos que a tribulação produz
perseverança; a perseverança, um caráter aprovado e o caráter aprovado,
esperança. E a esperança não nos decepciona, por que Deus derramou seu
amor em nossos corações por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu”.
Romanos 5: 5,6.
Por isso Jesus afirma categoricamente àquela igreja… Vocês não são
pobres, mas sim ricos… Sim ricos, pois vocês têm guardado as minhas
palavras.
Aquela igreja estava enfrentando outra situação terrível: a blasfêmia.
Os que se diziam que eram judeus e não eram espalhavam fake news a
respeito da igreja. Jogavam irmão contra irmão e isto é coisa abominável aos
olhos de Deus.
Podemos agir da mesma maneira e temos que tomar cuidado, pois da
mesma forma que julgamos seremos julgados.

Eles influenciavam os romanos a perseguir a igreja, por isto Deus os chamou
de “sinagoga de satanás”.
Creio firmemente que com estas eleições a igreja deu um tiro no pé se
envolvendo demais com a política. Muitas igrejas apoiando Bolsonaro e outras
apoiando Haddad.
Isto está trazendo uma enorme divisão na igreja e um grande prejuízo ao
Reino de Deus. E tudo isto envolve grana, muita grana.
A igreja em vez de ser uma voz profética em meio a um povo corrompido,
ela se corrompeu e se uniu aos profetas de baal.
Pastores que ao apoiarem no púlpito de suas igrejas qualquer candidato
significa que estão confiando mais nos homens no que no poder do Espírito
Santo que move a igreja.
Precisamos ter muito zelo para com a igreja e com os irmãos, pois o
cristianismo poderá se transformar na religião do ódio, da perseguição e a
igreja acabar sendo satanizada por isto.
Infelizmente a igreja hoje sofre e vai sofrer uma terrível perseguição. Ela já é
chamada de fascista… Intolerante… Homofóbica e por aí vai.
Percebam que a blasfêmia vem dos próprios “senhores” da igreja, mas não
da verdadeira igreja e sim das sinagogas de satanás.
Eles próprios dizem que satanás não existe, porém satanás é o perseguidor
da igreja, é o verdadeiro adversário da igreja.
Se você olhar para dentro do seu coração e discernir em você um espírito
de perseguição em relação à igreja, tenha certeza: Um espírito diabólico de
instaurou em você.
Mas Jesus tem uma palavra poderosa para um remanescente fiel: “Não
tenha medo do que você está prestes a sofrer”.
A igreja vai sofrer perseguição. Você vai sofrer perseguição por causa da
sua fé, mas Jesus diz: Não tenha medo.
A tribulação vem, a perseguição vem, a blasfêmia vem… Mas nada dura
para sempre… Vocês vão passar por provação durante dez dias.
É óbvio que este número não é literal, mas um símbolo de “curto prazo de
tempo”.
Será um período amargo, de tristeza e choro, de lutas de provas.
Lembre-se das palavras daquele que é fiel: “O choro pode durar à noite,
mas a alegria vem pela manhã”. Sl 30: 5.

Sim, sempre existirá uma porta, uma saída, uma luz no fim no túnel. Há
oxigênio, há ar, há luz, há saída, há refrigérios para os que confiam no senhor.
A igreja continuará sendo uma porta de esperança para o casado, para o
faminto e para todos aqueles que não suportam mais seus fardos.
Jesus então faz um pedido precioso para a igreja: “Seja fiel até a morte”.
E este pedido vem acompanhado de uma promessa: “E eu lhe darei a
coroa da vida”.
A grande questão aqui não é ser fiel até o último dia da vida, mas fiel até o
ponto de morrer por essa fidelidade. É preferir morrer a negar a Jesus.
Somos um povo chamado para sermos fieis até as últimas consequências.
O nosso lar não é aqui, aguardamos o verdadeiro lar, o lar celestial. O
exemplo do casal de missionários voltando depois de mais de 40 anos servindo
a igreja.

Combata o bom combate, completa a tua carreia, guarda a fé, quando
chegar lá no fim, eu vou te dizer: Você venceu. Você está aqui.
O vencedor não vai provar jamais a segunda morte, não igual a esta morte
banal. Jesus veio destruir o poder da morte e a fobia do medo.
E esta é uma promessa poderosa de Jesus para a sua igreja.
Que a leve e pequena tribulação que passamos, ou estamos passando ou
ainda vamos passar, possa trazer sobre nós um coração perseverante e criar
em nós um espírito de vida para recebermos a certeza da coroa da vida.
Continue sendo fiel a Jesus, você vai ver, vai valer a pena.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s