EM TEMPOS DE INCERTEZAS QUAL SERÁ A SUA POSIÇÃO?

incertezas

Jeremias 17: 5 – 10

Jeremias era o “tipo” de profeta que ninguém queria ouvir. Ele exortava o povo com paixão e compaixão, mas ninguém se movia a agir de acordo com a sua palavra.

Por causa das suas profecias Jeremias sofreu várias privações: Ele foi lançado em uma prisão, depois em uma cisterna e contra sua vontade foi levado a morar no Egito.

Jeremias foi rejeitado pelos seus amigos, por seus familiares, pelos sacerdotes da época e pelos falsos profetas.

Jeremias chorava por causa do destino de sua nação, pois os pecados daquela nação não iriam deixá-los impunes.

Aquele povo estava vivendo de uma forma medíocre e limitada, perderam a visão de ser povo de Deus e de viver e agir de acordo com a palavra de Deus.

Jeremias passa a orientar as pessoas a respeito de como elas deveriam ser, viver  e agir diante das incertezas e perspectivas da vida.

Ele passa a falar a respeito de dois “tipos” de pessoas, duas maneiras de viver e de agir.

O primeiro tipo de pessoas é a pessoa maldita, que confia nos homens.

Já o segundo tipo de pessoa é a bendita, é aquela que vive e busca a sua confiança no que Deus fala.

Sua primeira afirmação é do homem que confia no homem e que este homem se torna maldito.

Não, ele não está falando que não devemos ter amigos a quem possamos confiar e nos abrir. Ele não está propondo um “tipo” de exclusão social.

Ele também não está falando que não deveríamos confiar em ninguém, se não, certamente ficaríamos órfãos de tudo e de todos.

O que Jeremias está propondo então?

Ele faz uma comparação do homem que confia no homem e chama este homem de “arbusto solitário no deserto”.

A maldição de se confiar no homem, está na redução da nossa compreensão e visão da vida.

É quando nossa vida está sendo dirigidas por palavras humanas, filosofias humanas, pensamento e ações humanas.

Confiar no homem é passar a agir e pensar como os homens pensam. Então nos tornamos pessoas pequenas, com uma visão limitada da vida.

Tornamo-nos arbusto solitário no deserto, vazios de alma e espírito.

E certamente, o seu coração vai se afastar do Senhor! (5).

Vou dar um exemplo disto: Certa vez, em uma edição da “folha teen” foi publicada uma matéria a respeito da redução da idade da primeira experiência sexual.

Na época estava entre 15 e 16 anos, hoje creio que já está mais baixa.

Duas meninas deram depoimentos de que foi uma experiência frustrante, porque não estavam preparadas emocional e psicologicamente.

Meninas que certamente foram influenciadas por outras colegas ou foram incentivadas por programas de televisão, pela internet ou outras fontes de informação.

Afinal, os educadores, astros e estrelas do cinema e da TV diziam que “Era bom e que não podiam perder tempo”, Afinal se você ama que mal isto pode fazer?

Elas confiaram no homem e provaram da maldição de se confiar no homem.

Hoje nossa cultura diz que é normal ter várias experiências sexuais, com vários parceiros e não importa se seja relacionamento heterossexual ou homossexual.   

Hoje muitas pessoas vivem frustradas, frias vazias como arbustos solitários no deserto porque estão dando ouvidos as filosofias e pensamentos humanos.

Percebemos que muitos estão vivendo e agindo desta maneira e suas expectativas de vida estão sendo cada dia mais frustrante.

Quando você escolhe viver confiando em homens, você está escolhendo viver uma vida seca, salgada e solitária no deserto… Não gera frutos.

E isto se dá em qualquer área de nossas vidas.

A segunda afirmação de Jeremias é do homem que confia no Senhor.

Percebemos que ambos existem e estão vivos; a diferença entre eles está na qualidade de vida. Um é como arbusto solitário, o outro como uma arvore frondosa e verde junto às águas.

O homem que confia no Senhor cresce, floresce e dá muito fruto. Eles compreendem a vida e enxergam o mundo através dos olhos de Deus.

Eles se permitem serem ensinados por Deus através da sua palavra, dão ouvidos a ela e a obedecem sem resguardas.

O homem que assim age, ao invés de se proteger ou inventando desculpas para o seu pecado, abre-se como uma árvore frondosa e se oferece para abrigo e descanso.

Esta pessoa cresce emocionalmente e espiritualmente, pois seus valores são divinos e não humanos.

Não, eles não estarão isentos de problemas e conflitos emocionais e espirituais, mas confiarão em Deus, no seu amor, no seu poder em suas promessas e em sua palavra.

 Veja que Jeremias está dizendo que mesmo quando chegar o calor, suas folhas estarão sempre verdes e quando chegar à seca não deixará de dar fruto.

Em tempos de sequidão suas raízes se estenderão até o ribeiro de águas… Buscarão viver da água da vida e não do padrão humano, palavras e pensamentos humanos.

Esta pessoa que assim resolve viver, terá uma vida abundante e não somente isto, será abrigo para aqueles que estiverem cansados e sobrecarregados… Darão o que comer aos que se assentarem debaixo de suas sombras.

Jeremias vai ainda um pouco mais adiante da sua busca por um caminho de vida.

Ele afirma que não confia nem mesmo em seu próprio coração por considerá-lo enganoso e incurável.

Os sentimentos e as emoções do coração não são confiáveis… Estes sentimentos podem falhar e nos deixar vulneráveis psicologicamente.

Jeremias reconhece que a única fonte confiável de vida encontra-se fora dele mesmo, fora do mundo e fora das palavras e conselhos e sabedoria humana.

Jeremias está escolhendo um caminho que não é o caminho do seu coração (que é corrompido pelas emoções), mas um caminho de vida que lhe permite crescer, florescer.

Temos, portanto aqui dois caminhos, duas escolhas a fazer: “Ouvir a Deus ou aos homens?” – “Confiar em Deus ou confiar em palavras humanas?”.

Podemos hoje decidir seguir nosso coração e nossa consciência ou a orientação de Deus para nossas vidas.

Você pode até mesmo me dizer que você está com sua consciência tranqüila com a vida que você está vivendo e quem te julga é Deus… E eu te pergunto: Isto não te assusta?  

Estas escolhas têm a ver com a qualidade de vida que vamos viver… Ou árvore que dá frutos ou árvore seca.

Preciso apenas te alertar de algo muito importante: Se você decidir viver confiando em homens… Isto inclui educadores, psicólogos, teólogos, economistas, revistas, TV, internet, redes sociais e opinião dos outros.

Há uma maldição para pessoas assim, uma vida solitária e seca. Não crescem nunca, não produzem frutos e vão viver em um universo pequeno e limitado dos homens naturais.

Mas bendito é o homem que confia no Senhor, que ouve a sua palavra e que espera em suas promessas. Sim existe uma benção preparada para você.

Você encontrará em Deus um solo fértil para crescer e amadurecer. Sua folhagem não murcha e a sua sombra abrigarão o cansado e faminto por vida.

Certamente não será uma escolha fácil e simples. Você terá que deixar para trás toda a sedução e todo fascínio por este mundo.

Em tempos de incertezas a melhor escolha que você pode fazer é continuar confiando em Deus e em sua palavra.

Que você possa ouvir a voz do Espírito e pedir ajuda para continuar nesta estrada de confiança inabalável.

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s