MANDAMENTOS PARA UMA VIDA PLENA (PARTE 10)

cobic3a7a-dos-olhos

Êxodo 20: 17

COBIÇA

Chegamos à última parte desta série de mensagens e espero que vocês tenham sido edificados durante este tempo de aprofundamento na palavra de Deus.

Lembrando que os dez mandamentos de são expressão de um Deus que nos ama, pois Ele se importa com o seu povo e com a qualidade de vida que este povo vai viver.

Os mandamentos nos mantém livres de práticas que nos escravizam e nos levam a viver uma vida plena em Deus.

Revendo a prática dos dez mandamentos percebemos que tudo o que Deus fez por nós é ainda melhor e devemos confiar em seu amor por nós.

Hoje vamos falar a respeito da cobiça. A cobiça tem uma estreita relação com a inveja (que é um dos sete pecados capitais).

Fica até mesmo muito difícil distinguir ou decifrar quando é cobiça ou quando é inveja.

A cobiça é um sentimento que nasce e cresce internamente. No coração, dentro de cada um de nós.

A cobiça nasce a partir de um desejo descontrolado que quando se instaura no coração, nossa atenção, nossos pensamentos e planos serão direcionados para conseguir alguma coisa sem se preocupar com as estratégias que vamos utilizar.

A cobiça é uma inquietação da mente, causada pelo fato de alguém ter conseguido algo antes de nós. (John Locke – filósofo).

O filme “AMADEUS” retrata muito bem esta questão.

Antonio Salieri compositor italiano é nomeado musico da corte australiana e presidente da sociedade dos artistas e músicos e ainda maestro da orquestra imperial.

Em sua escola de música surgem alunos como Beethoven e um jovem muito talentoso chamado Wolfgang Amadeus Mozart.

Antonio Salieri não se contenta com o que já é e a cobiça lhe vem ao coração ao perceber a capacidade e habilidade com que vê Amadeus tocar e compor com tamanha maestria.

Antonio Salieri briga inclusive com Deus por causa de ver o talento natural que Deus dá a Amadeus e ele tem que lutar com todo esforço para conquistar algo.

No final do filme acaba levantando a suspeita que por causa da cobiça, Salieri tenha envenenado Amadeus

Ou seja, cobiça e inveja mata.

Como começa o pecado da cobiça?

Tiago 4: 1 – 3 nos dá uma direção, vamos ler?

As guerras começam a serem instaladas em nosso próprio peito, quando desejamos a qualquer custo ter ou possuir o que é do outro.

Por fim acabamos lutando contra pessoas, contra nós mesmos e contra Deus.

Ou seja, o nosso coração é o laboratório onde as guerras começam a serem criadas. Se existir guerra do lado de dentro, certamente haverá guerra do lado de fora.

Podemos afirmar então que a cobiça começa pela insatisfação de “quem somos” e “do que temos”.

Na realidade nos tornamos pessoas ingratas com aquilo que Deus nos deu e da maneira que Ele nos formou, desta forma queremos “ter” ou “ser” o que é do outro.  

Cobiçamos a casa, o dinheiro, a mulher, os empregados, o boi, o jumento, e tudo o que o outro possui.

Deus deseja nos livrar de termos corações cobiçosos, por isto nos desafia a termos uma ambição positiva.

O que seria uma ambição positiva?

Significa que podemos sim nos espelhar em alguém e até mesmo tomar alguns passos que deram certos para outras pessoas.

Podemos sim admirar o sucesso profissional e financeiro de outras pessoas ao ponto destas pessoas nos inspirarem a chegarmos lá também.

Podemos sim crescer, aprender e ser orientados por outras pessoas. Isto vai nos despertar e nos incentivar a um trabalho dedicado para chegar onde quiser de forma honesta e objetiva.

O que não podemos?

  1. Desejar “ter”, “ser” ou possuir o que é do outro.
  2. Sabotar o outro fazendo oposição voluntária com opiniões e posicionamentos diferentes.
  3. Destruir o que é do outro com roubo, agressão, difamação e faltas notícias.
  4. Cobiçar as bênçãos, talentos e felicidade do outro.

    Qual é o antídoto para a cobiça?

Temos um grande desfio pela frente: Sermos felizes com o que somos e com o que temos.

Procurar vivermos a nossa vida com gratidão a Deus pelo que Ele nos tem dado.

Quanto mais gratos somos, menos vamos nos comparar com outras pessoas e vamos valorizar ainda mais o que já conquistamos.

Jesus certa vez advertiu seus seguidores dizendo: “Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens”. Lucas 12: 15.

Jesus também disse: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração… Se os seus olhos forem bons… Todo o seu corpo será bom”. Mt. 6: 21,22.

A mensagem de Deus para nós hoje é esta: Viva a sua vida, seja você mesmo, seja grato por tudo o que Deus te deu.

Deus tem uma história singular para cada um de nós, não precisamos nos comparar a nada e nem a ninguém, apenas viver aquilo que Deus planejou para nós.

Somos filhos de Deus, libertos da escravidão e livres de qualquer cobiça.

Que o Eterno assim nos abençoe hoje e sempre.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s