A IGREJA CONTAMINADA

download

Apocalipse 2: 12 – 17

Viver neste mundo está ficando cada dia mais difícil.

Não apenas por causa da maldade do coração do homem, mas sim por não sabermos mais distinguir entre a verdade e a mentira, o falso e o verdadeiro.

A igreja de Jesus Cristo está cada dia mais sendo contaminada pela mentira e pelo engano. Estamos sendo cada dia mais influenciado por uma falácia enganosa.

A engenharia da maldade parece não ter fim e ficamos cada dia mais assustados com o que estamos vendo e percebendo.

Será que é possível a igreja continuar sendo luz para o mundo em um ambiente pernicioso?

É possível continuar sendo sal da terra em um mundo hostil e cada dia mais doente e corrompido?

É possível um cristão permanecer em pé, sustentado por sua fé mesmo onde reina o trono satanás?

Este era o quadro que viviam os cristãos da igreja de Pérgamo.

Jesus revela que a igreja de Pérgamo estava instalada em um lugar sombrio e tenebroso e diz: “Sei onde você vive”.

“Onde está o trono de satanás”. Pergámo havia se tornando um grande centro cultural e possuía uma das maiores bibliotecas do mundo.

A partir daquela cidade saiam os vários pensadores da época e várias formas de expressar a diversidade cultural.

Na cidade de Pérgamo existia também uma grande escola de medicina. Pessoas do mundo inteiro viajavam para aquela cidade em busca de cura.

A isto se misturava a ciência e as crendices populares atribuída com a cura do deus da serpente.

Até hoje o emblema de Esculápio que é uma serpente decora o emblema da medicina.

E meio a tantas cultura e crendices se instala também o misticismo religioso. Existia naquela cidade mais de duzentos santuários religiosos. Ou seja, uma mistura de fé, ciência e religiosidade.

Mas a principal revelação de Jesus àquela cidade era que ali estava instaurado o trono de satanás.

O trono de satanás não é um edifício, mas sim um ambiente, uma atmosfera criada onde reina e predomina a cegueira espiritual.

A bíblia afirma que satanás é um ser espiritual inteligente, poderoso e inescrupuloso e mentiroso.

Jesus o chamou de príncipe deste mundo. Paulo o chamou de príncipe da potestade do ar e que comanda um exército de espírito maligno nas regiões celestiais.

Pérgamo é uma cidade sombria… Mergulhada em uma grande confusão mental e onde satanás reina… Satanás induz os homens ao erro a mentira e ao engano.

A cidade de São Paulo hoje se identifica muito com aquela cidade.
Contudo… Ainda existem ainda pessoas que permanecem fieis a Jesus… Cristãos que não negociam sua fé e que não negam o nome de Jesus.

Mesmo em meio a tantas lutas e tribulações, ainda existem pessoas que não renunciam a sua fé.

“No entanto, tenho contra você algumas coisas”: Você tem aí pessoas que se apegam aos ensinos de Balaão…

Balaão é aquele feiticeiro religioso contratado por Balaque, rei de Moabe para amaldiçoar o povo de Deus quando este caminhava rumo à terra prometida. (Nm. 22).

Mas Balaão respondeu que não poderia amaldiçoar um povo a quem Deus abençoou.

“Não existe praga ou maldição que possa ser lançada sobre o povo a quem Deus escolheu e abençoou”.

Porém Balaão não desistiu de ganhar recompensar financeiras e mudou de planos. Já que não posso amaldiçoar… Posso me infiltrar… Posso seduzi-los.

Em Números 25: 1e 2 diz: “Enquanto Israel estava em Sitim, o povo começou a entregar-se a imoralidade sexual com mulheres moabitas que os convidavam aos sacrifícios dos seus deuses”.

Em Números 31: 16 diz: “Foram elas que seguiram o conselho de Balaão e levaram Israel a ser infiel ao Senhor”.

Qual é então o ensino de Balaão ao qual a igreja está se apegando?

Já que não posso amaldiçoar, satanás vai seduzir a igreja a pecar… A desviar o seu caminho… A ser uma igreja infiel.
Alguns membros e pastores da igreja começam a abrir a guarda e serem seduzidos pelo engano e pela mentira de satanás.

A igreja está sendo contaminada pelos ensinos de Balaão… Ganham dinheiro e fama em troca de bênçãos.

Israel começou a participar de festas à idolatria e oferecer sacrifícios religiosos em troca de bênçãos.

A igreja de Pérgamo se envolveu com a cultura daquela época… Podemos viver da forma que queremos e ninguém tem nada a ver com isto.

A igreja de Pérgamo se calou diante da prostituição, diante da idolatria e diante da imoralidade sexual.

E Jesus está dizendo aquela igreja: “Tenho contra você algumas coisas”.

Existe uma frase atribuída a Martin Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silencio dos bons”.

Enquanto alguns permaneciam fieis, outros se calavam diante da infidelidade da igreja… A igreja estava conformada com a situação… Afinal moramos onde mora satanás. Onde reina o império das trevas.

Já, os Nicolaítas ensinavam que o crente não precisava ser diferente, que eles estavam debaixo da graça e do amor de Deus e que poderiam viver da maneira que quisessem.

A liberdade que Jesus nos dá não é consentimento para pecar e vivermos da forma que queremos.

A igreja hoje vive a mesma realidade da igreja de Pérgamo… Está sendo seduzida pelas artimanhas de satanás e sendo contaminada pelo erro e por se calar diante desta cultura emergente.

Jesus pediu aos membros daquela igreja para que se arrependessem.

Se arrepender do que?

De se tornarem omissos diante daqueles que ensinam “coisas estranhas”. Doutrinas estranhas que não é o evangelho de Jesus Cristo.

Do relativismo religioso. Hoje tudo é relativo, tudo é negociável… Mas o evangelho não é negociável.

Quem é fiel a Jesus precisa se posicionar com relação às verdades da palavra de Deus.

Nestes últimos dias teremos que nos posicionar a respeito do que cremos… Do que confessamos.

Não podemos mais ficar em cima do muro, precisamos firmar nossas convicções… Pautar nossa fé na palavra da verdade e nos fundamentos cristãos.

Não podemos mais nos omitir em falar a verdade, doa a quem doer… Precisamos confrontar a mentira e o engano pela palavra da verdade.

A igreja não pode se calar… Mas notem: Odiar a pratica dos nicolaítas (dominadores do povo) e não os nicolaítas.

Existe uma séria advertência para aqueles que se calam: “Se não, virei em breve até você e lutarei contra eles com a espada da minha boca”. (16).

Porém existem promessas para aqueles que permanecerem fiéis.

O maná escondido: É o pão da vida. Jesus será dado todos os dias para aqueles que permanecem fieis.

Viverão dias de total dependência de Jesus e de sua palavra. Isto será motivo de grande alegria, consolo e refrigério para estes dias maus.

Pedra branca: A pedra branca era usada por um juiz para a pessoa que era declarada inocente, mas também era o ingresso para poder entrar em locais de espetáculos públicos.

Hoje seria um documento com o seu nome inscrito… E conhecido por Jesus.

Qual é o convite de Jesus para a igreja hoje? Não abandone a fé e nem a negocie. Permaneça fiel a Jesus.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s