A MESA DO SENHOR

IMG_6127

I Coríntios 11: 23 – 26

Jesus convoca seus discípulos para uma última refeição. Foi um jantar de páscoa o qual o povo de Deus preparava uma refeição toda especial.

A celebração da páscoa é uma intervenção milagrosa de Deus, onde o povo é liberto da escravidão do Egito.

Aquele povo deveria celebrar a páscoa uma vez por ano, trazendo a memória o que Deus fez em favor do seu povo.

Uma última refeição também para aqueles que estavam cativos, mas na esperança de um milagre.

Jesus estava ali, mesa posta, prato, comida. O pão é o vinho faziam parte daquela cerimônia. Aliás, pão e vinho eram alimentos constantes na mesa judaica.

Jesus tem com os seus discípulos uma conversa intensa, prolongada por suas últimas instruções a respeito da vida que deveriam viver daquele momento em diante.

No final da cerimônia, ele pega um pão que na verdade parecia um biscoito e o dividiu em dois pedaços de forma irregulares… “Assim vocês vão ver o meu corpo amanhã”.

Certamente vocês não irão querer ver o meu corpo, não correrão para a cruz para ver o meu corpo. Alguns vão fugir outros se esconder, outro me negar e outro me trair.

Mas quero que saibam: Da mesma forma que estou partindo este pão o meu corpo será partido em favor de vocês.

Vocês não entendem isto agora, mas entenderam mais tarde, apenas confiem em minhas palavras.

Da mesma forma Jesus pegou um copo de vinho: O vinho vermelho escuro, como cor de sangue.

Saibam que amanhã vocês verão o meu sangue jorrar do meu corpo, ele vai ser perfurado, mas quando virem meu sangue sendo derramado que se lembre de algo importante: Este é o sinal da nova aliança que faço com vocês.

Jesus estava tentando explicar algo maravilhoso para eles: “Eu vou morrer, eu vou partir”… Vocês não entenderão isto agora… Mas nunca os deixarei, nunca os abandonarei.

Eu quero que vocês entendam uma coisa: Vocês sempre poderão vir até mim, mesmo depois que eu for.

Ele tomou o pão e o vinho e disse: Façam isto em memória de mim. Todas às vezes que você se assentarem à mesa e comerem o pão e tomarem o vinho que quero que vocês se lembrem do que estou fazendo por vocês.

Em memória de mim: Lembre-se que existe esperança! Existe redenção!

Em memória de mim… Fala a respeito do que já foi feito em nosso favor e não a respeito do que vai acontecer.

Não importa o que aconteça, Jesus está conosco sempre e devemos lembrar que Ele já proveu tudo o que precisamos e necessitamos.

Façam isto em memória de mim: Sempre que comerem o pão e beberem o vinho, vocês devem se lembrar de que eu libertei vocês, eu os redimi e estou com vocês todos os dias até a consumação dos séculos.

E de quanto em quanto tempo devemos fazer isto?

Todas as vezes que nos reunimos, cada vez que vocês tomarem do pão e do vinho… Lembrem-se do que eu fiz em favor de vocês.

Mas lembre-se: O momento da refeição não diz apenas de alimento.

“Porque nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”.

Fazei isto em memória de mim… Significa de devemos lembrar o que Jesus fez e do que Jesus falou para nós.

Por que devemos participar da mesa do Senhor?

1) Por que na mesa do Senhor os relacionamentos são renovados.

Primeiramente nosso relacionamento com Deus é renovado, pois nos lembramos do que Jesus fez por nós e de suas promessas para nós.

E em segundo lugar nossos relacionamentos com nossos irmãos devem ser renovados, pois Jesus fez o mesmo sacrifício por mim e por eles.

Somos imperfeitos, mas todos estão assentados diante da mesma mesa e esta mesa é a mesa da graça, da aliança, onde deve haver amor, perdão, reconciliação e renovação dos relacionamentos.

2) Por que a mesa do Senhor é um lugar de restauração.

Na noite em que Jesus foi traído, o apóstolo Pedro fez algo impensável.

Uma mulher apontou para Pedro e disse que ele era um dos homens que andavam com Jesus, o que Pedro negou… Isto aconteceu três vezes, até que o galo cantou e Pedro se lembrou do que Jesus disse e chorou amargamente.

Pedro então volta para a Galiléia, volta para a pescaria, mas a beira da praia Jesus colocou uma mesa com pão e peixe assado… Pedro corre ao seu encontro.

Pedro deveria estar envergonhado demais para conversar… Mas ao partirem o pão Jesus perguntou se Pedro o amava… Creio que Pedro teve a oportunidade de dizer como estava o seu coração.

Jesus amorosamente não falou a respeito do fracasso de Pedro… Não o interrogou a respeito da sua negação e do seu afastamento.

Simplesmente, após Pedro dizer que amava Jesus, seu relacionamento foi restaurado e Jesus lhe dá uma nova chance, uma nova missão: “apascenta as minhas ovelhas”

Volte para a vida, seja meu parceiro nesta missão e lembre-se do que fiz em seu favor… “Em memória de mim”.

Davi é outro exemplo de quem foi restaurado a mesa.

No salmo 23 Davi fala a respeito de Jesus como o bom pastor e ele sabe muito bem disso e ele fala a respeito de como foi restaurado:

Ele diz: “Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda”.

Davi foi restaurado da vergonha, do pecado, do fracasso e ainda foi incentivado por Deus assentado à mesa.

Em uma mesa Deus lhe deu poder para enfrentar os adversários… Ali Davi foi restaurado, ganhou confiança e saiu mais forte… Sua identidade foi renovada.

Davi conclui: “Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver”.

3) A mesa do Senhor é um lugar de regeneração.

Jesus certa vez contou a parábola do filho pródigo, o qual recebeu a herança do seu pai ainda em vida e partiu para uma terra distante. Gastou todo o seu dinheiro em uma vida totalmente desregrada.

Certo dia o pai avistou o filho voltando para casa. Ele estava maltrapilho, coração despedaçado, exausto, faminto, mas arrependido do que fizera.

Como este pai reagiu? Dando uma festa, convidando todos à mesa em homenagem ao filho que havida perdido.

O abraço de um pai amoroso e a inclusão do filho de volta a família, deram ao rapaz a esperança de um futuro melhor.

Nenhum argumento, nenhuma acusação, mas um abraço, um beijo, um anel, uma mesa, uma festa. Um filho foi regenerado pelo amor de um pai amoroso.

Sei que em muitas famílias existe um abismo no relacionamento por escolhas destrutivas por alguém da família.

Palavras, gestos, rebeldia, magoas, feridas que não cicatrizam e que o tempo não pode voltar atrás para mudar nada.

Mas quando vejo a imagem de um pai abraçando seu filho, e todos participam da mesa, existe lugar para e regeneração e os laços familiares são novamente fortalecidos.

A mesa do Senhor é o melhor lugar para expressarmos amor e perdão e os relacionamentos serão restaurados.

A conversa em volta da mesa deve existir alegria, graça e paz em corações restaurados por Jesus.

4) A mesa do Senhor deve ser uma necessidade espiritual.

Infelizmente não damos mais importância a cearmos juntos em família. Na correria do dia a dia cada um faz sua refeição em horários alternados e a espiritualidade em volta de mesa é perdida.

Da mesma forma como família de Deus, muitos deixam de participar da mesa do Senhor. Não valorizam mais este momento tão singular em suas vidas.

Esquecemo-nos de fazer “em memória de mim”. Do sacrifício vivo, da entrega de Jesus por nós e de suas palavras que nos conduziriam a uma vida abundante.

Em memória de mim: Fomos curados, libertos, restaurados, reconciliados.

Somos salvos. Houve perdão, abraços, beijo e festa por um pecador que se arrependeu.

Hoje estamos diante da mesa do Senhor. Esta deve ser uma necessidade espiritual para nós, pois nos lembramos das promessas de Jesus.

Diante da mesa do Senhor os relacionamentos são restaurados, nossa vida é restaurada e regenerada.

Que possamos diante da mesa do Senhor receber graça que nos faça levantar para uma nova vida e uma viva esperança.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s