O DEUS QUE PRECISAMOS CONHECER (parte II).

Por Edgar Bacchini
Atos 17: 22 – 24

Nesta busca constante do homem com o sobrenatural ele sempre acaba fabricando deuses para si mesmo.

A cidade de Atenas vivia cercada destes deuses e dividida entre “entidades pseudos-espirituais e pensamentos filosóficos”.

E não é de se estranhar um altar levantado em nome de um deus que não se conhece e o qual as pessoas adoram um deus desconhecido.

Surge então uma pergunta importante: Quando e de que forma este altar ao deus desconhecido e o qual Paulo vai anunciar é levantado?

Podemos destacar aqui alguma pista no livro do teólogo Don Richardson “O fator Melquizedeque”.

Neste livro ele conta uma história a respeito de um homem chamado Epimênides, segue um pequeno resumo do que aconteceu:

Dito como “homem estranho” pelo seu povo, Epimênides era um dos poucos da sua época e região que criam em apenas um Deus.

Segundo conta Diógenes Laertius, quando houve a praga em Atenas muito se fizeram de holocaustos para “apaziguar a fúria dos deuses”, que passavam de 30 000, ou seja, tinham mais deuses em estátuas nas ruas do que pessoas vivendo em Atenas.
Foram até chamados sacerdotes egípcios e babilônicos para tentarem resolver aquela praga, mas sem sucesso algum.
Quando então lembraram o Deus único de Epimênides, então o chamaram. Ele mostrou-os o erro de adorarem deuses que não poderiam os ajudar em nada, e mandou que colocassem ovelhas no alto do areópago que estas iriam lhes mostrar o local onde esse Deus queria ser adorado.
Então, num ato “místico” as ovelhas desceram o areópago e andaram até um local onde não havia nenhum tipo de idolatria. E ali os artífices construíram um altar e como não sabiam o “nome” desse Deus, a mando de Epimênides talharam como “o Deus desconhecido” e assim conseguiram resolver o problema da praga.

O Fator Melquisedeque é designação dada a consciência universal da existência de um Deus único, entre as diversidades de expressões culturais e religiosas dos diferentes povos e civilizações ao longo da história.
Melquisedeque aparece a Abraão Genesis 14: 17 – 20. Onde ele abençoa Abraão.

No livro de Don Richardson ele vai mostrar que Deus preparou o mundo para receber o evangelho, ou seja conhecer O Deus único e verdadeiro.

Nesta passagem do livro de atos vemos claramente isto: Deus querendo se manifestar em meio a um povo perdido e sem esperança.

Como disse Paulo: Deus não habita em santuários feitos por mãos humanas.

Deus não está preso ao tempo ou ao espaço. Deus não está preso a uma nação ou a uma religião.
Deus é amor e Ele quer se revelar ao homem. É o desejo Dele que todos os homens sejam salvos.

“Mas a terra se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas encher o mar”. Hab. 2: 14.

Deus se revelou a várias pessoas de várias formas:

a) A uma mãe sírio-fenícia
b) A um leproso samaritano
c) A um endemoniado gadareno
d) A um general sírio chamado Naamã
e) A uma viúva da cidade de serepta.
f) A um centurião romano chamado Cornélio
g) Felipe prega a um etíope que estava lendo Isaías.

Deus se revela a todos. Ele quer derramar da sua glória sobre todos.

E creio firmemente que este mesmo Deus está presente hoje aqui para se derramar sobre nossas vidas.

Da mesma forma que Ele se manifestou em Atenas, Samaria e Gadara, Ele que se manifestar em meio ao seu povo.

Ele é o mesmo Deus ontem, hoje e sempre será Deus.

Ele é o criador do universo e Ele sustenta todas as coisas com as palmas de suas mãos.

Ele não é um deus inventado por mentes humanas e nem feito por mãos humanas.

O Deus que cremos, e o qual ouvimos e aprendemos é o Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe.

É o Deus que trouxe à existência as coisas que não existiam. Deus que do nada tudo criou com o poder de sua palavra.

“Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Um dia fala disso a outro dia; uma noite o revela a outra noite. Sem discurso nem palavras, não se ouve a sua voz. Mas a sua voz ressoa por toda a terra e as suas palavras até os confins do mundo”. Sl 19: 1 – 4.

Ele é o Deus criador conforme diz a sua palavra: “No princípio criou Deus os céus e a terra”.

E a mais perfeita obra de toda a criação é o homem feito a sua imagem e semelhança.

E é justamente ao homem que Deus deseja se revelar e derramar a sua glória.

O Deus desconhecido é o Deus que se apresenta a todos os homens para lhe dar uma nova vida, trazer cura, restauração, libertação e um novo fôlego de vida.

Certa vez Moises estava no monte Horebe e viu uma sarça ardendo pelo fogo e uma voz lhe chamou e pediu que Moisés libertasse o povo do Egito.

Deus se apresenta como o Deus de Abraão, de Isaque e Jacó e Ele diz que viu a opressão que o seu povo estava passando e que iria libertá-los através de Moises.

Moisés fica indignado e diz: Quem sou eu para libertar o povo? E Deus afirma: Eu estarei com você e o meu povo prestara culto a Deus neste monte.
Então Moisés faz uma pergunta: Quando eu chegar diante deles e lhes disser que o Deus dos seus antepassados me enviou a vocês, e eles me perguntarem; Qual é o nome dele? Que lhes direi:

Deus lhes dá um nome ainda mais intrigante: “Eu sou me enviou a vocês”.

O Deus que está contigo, este é nome do Deus desconhecido que se apresenta a Moisés.

Deus se revela ao homem para libertá-lo.

Esta promessa de Deus é cumprida quando Jesus sobe aos céus e o Espírito Santo é derramado: “Eis que estarei contigo todos os dias de sua vida”.

Quem conhece o Deus vivo e verdadeiro tem a certeza de uma coisa: Ele está em você, Ele conhece você e você O conhece, pois ele se revelou a você e te libertou do império das trevas.

Ao único Deus salvador, por meio de Cristo o Senhor seja dado ações de graças para todo o sempre.Cristo te liberta

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s