Reconquistando o que foi perdido

 

flor

Reconquistando o que foi perdido
Por Marco Bacchini
I Samuel 30: 1-8

O grande rei Davi escolheu a cidade de Ziclague para habitar, depois de viver fugindo de Saul que procurava matá-lo.
Por um período Davi viveu ali com sua família, e formou seu próprio exército.
Diz o texto que Davi e seus homens saíram para guerrear como era o costume da época.
Creio que Davi subestimou o poder do inimigo. Saindo ele para a guerra, deixou sua cidade desprotegida, vulnerável, sem defesa alguma.
Enquanto Davi estava no campo de batalha, guerreando, o improvável aconteceu…
Diz o texto que os amalequitas deram com ímpeto – força – contra Ziclague.
Os amalequitas haviam levado tudo, rebanhos, bens, mulheres e filhos, e incendiaram tudo, só restando cinzas.
Imagine a cena, Davi voltando vitorioso da guerra e ao longe ele não vê movimentação alguma, nem de animais, ou de crianças correndo ao seu encontro, apenas o silêncio.
Creio que o coração de Davi começou a gelar, pensando que algo ruim acontecera, a cidade foi destruída.
Para Davi foi um duro golpe, foi a pior de suas guerras, uma tragédia.
Este texto nos mostra que as famílias estão debaixo de um ataque feroz do inimigo.
Estamos num campo de batalha e nosso inimigo anda ao derredor tentando achar alguém para destruir.
João 10:10 – o ladrão vem para roubar, matar, e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
Vers.1 – sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul, e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo.
O inimigo atacou com ímpeto, o alvo do inimigo é nossa família.
Hoje em dia muitas famílias estão sendo destruídas por omissão, por negligência, pelo abandono. O inimigo nem precisa dar com ímpeto, estamos totalmente vulneráveis, famílias inteiras estão sendo levadas ao cativeiro, à destruição.
E muitas vezes nós queremos achar os culpados pelos nossos fracassos. Jogamos a culpa em todos… Inclusive em deus, dizendo: onde estava deus? Por que deixou acontecer isso comigo?!
Não assumimos nossas responsabilidades, deixamos nossas casas vulneráveis ao ataque do inimigo.
O grande rei Davi estava sempre guerreando, matou ursos, leões, gigantes, era invencível, porém, com relação à família era um fracasso, Davi deixou de batalhar pelo seu maior patrimônio, sua família.
Não se preocupou com a segurança de sua família, abandonou-a a própria sorte.
Muitas vezes na ansiedade de suprir nossas necessidades, deixamos a família em segundo plano, para correr atrás de carreiras, estudos, não que essas coisas não sejam legítimas.
Mas temos que saber priorizar a família, para não dar brechas ao inimigo.
E são pequenas brechas, pequenas falhas que tem levado muitas famílias à ruína.
Falhamos quando não colocamos deus em primeiro lugar em nossas vidas.
Não amamos a deus, não honramos a deus, caminhamos a passos largos para uma geração ateísta, longe de deus… Somos espelhos para os nossos filhos…
Certamente nossos filhos não servirão ao senhor.
Ficamos vulneráveis quando o diálogo acaba dando lugar a:
Falta de respeito (marido x mulher x filhos x pais)
Falta de perdão. Se não há perdão no lar, não pode haver restauração.
Caminhamos para a destruição quando permitimos que o adultério – traição faça parte de nossas vidas. O adultério se tornou uma epidemia.
Talvez você não adulterasse de fato, mas é viciado em pornografias, salas de bate-papo, relacionamentos paralelos no trabalho, na faculdade.
Queremos copiar o padrão do mundo aí fora.
Mas os padrões do mundo não servem para igreja, estamos assistindo a uma inversão de valores.
Jesus disse que nossos dias serão semelhantes a Sodoma e Gomorra. Dias de total depravação.
Qual a solução então para a restauração da minha família?
Vers.4 – então Davi e o povo que se achava com ele alçaram a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças para chorar.
Davi e seus homens choraram até perderem suas forças.
1. Precisamos chorar pelas nossas famílias, precisamos enxergar que estamos num cativeiro. Chorar pela miséria em que nos encontramos.
Vers.6 – e Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no senhor seu deus.
Davi se reanimou no senhor seu deus. Ele não deixou que a amargura dominasse seu coração.
No salmo 86 ele escreve para o senhor alegrar a alma do seu servo e voltar para ele tendo misericórdia. Pede força ao senhor e reconhece que deus é bom.
2. Precisamos nos reanimar no senhor. Não permaneça prostrado, mas se levante no poder do senhor.

Vers. 8 – então consultou Davi ao senhor, dizendo: perseguirei eu a esta tropa? Alcançá-la-ei? E lhe disse: persegue-a, porque decerto a alcançarás e tudo libertarás.
Davi consultou ao senhor para reconquistar a sua família. Ele orou ao senhor pedindo direção sobre como deveria agir e não agiu por impulso.

3. Precisamos buscar direção no senhor, na sua palavra, em oração. Ele nos dirá como agir.
Davi teve que lutar para reconquistar sua família.
Vers.18 e 19 – assim salvou Davi tudo quanto tomaram os amalequitas; também as suas duas mulheres salvou Davi.
E ninguém lhes faltou, desde o menor até ao maior, e até os filhos e as filhas; e também desde o despojo até tudo quanto lhes tinham tomado, tudo Davi tornou a trazer.

Davi salvou tudo o que o inimigo havia saqueado, não lhe faltou coisa alguma, inclusive, sua família.
O que foi saqueado, roubado, perdido, na nossa família? Marido, esposa, filhos, bens, a paz, a alegria… ?
Vamos permanecer chorando, lamentando ou vamos lutar para recuperar o que foi perdido?

Precisamos fazer como Davi, vamos consultar ao senhor, é tempo de parar de se lamentar e clamar ao senhor, por salvação, libertação, restauração na família…

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s