Quando tudo parece perdido (Parte II)

 

QUANDO TUDO PARECE PERDIDO (PARTE II).
Por Edgard Bacchini
Genesis 21: 8 – 21

Na semana passada podemos ver pelo menos três grandes questões: a) Deus ouve o nosso choro independente do local e situação que nos encontramos. b) Que independente das circunstâncias devemos continuar confiando na soberania de Deus. c) Deus continua sendo o nosso provedor.

Hoje vamos extrair deste texto mais algumas importantes questões para que quando tudo parecer perdido lembrarmos que Deus continua no controle.

1) Nunca se vingue de ninguém.

Quando tudo parece perdido não prejudique ninguém, não revide, e não pise em ninguém.

Sara queria pagar o mal com o mal. Todo o plano para Hagar gerar um filho foi de Sara e depois que as coisas saíram do controle ela tenta resolver o problema mandando embora Hagar.

Alguns crentes até mesmo oram desta forma: “Que Deus pese a mão, Deus me livre de andar com ela”.

A palavra de Deus nos diz que devemos abençoar o nosso inimigo, orar por eles. Se tiver fome devemos dar-lhe comida, se tiver sede devemos dar-lhe água.

Sara acabou arrumando uma confusão tão grande para prejudicar sua serva que até os dias de hoje o problema continua. (Os árabes são descendentes de Ismael, filho de Hagar e estes são inimigos dos judeus descendente de Isaque filho de Sara).
Mesmo quando você for prejudicado intencionalmente e tiver a oportunidade de vingar, não o faça. Deixe nas mãos de Deus.

Somente O Senhor pode dar uma sentença justa.

2) Enfrente os seus medos.

A primeira palavra de Deus para Hagar foi: “Não tenha medo”. (17).

O medo paralisa, imobiliza, faz o problema ficar maior. O medo nos faz ver ouvir e sentir coisas que não existem.

O medo faz a gente pensar que Deus se esqueceu de nós e que não somos mais abençoados.

O Senhor hoje nos diz: Não tenha medo! Deus está olhando sua situação e ouvindo a sua oração. Continue buscando a Deus, seja perseverante em oração.

“Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”. Is. 41: 10.

Enfrente os seus medos, reveja quais são e redefina um plano de ação para enfrentá-los.

Não aceite mais viver acuado, abra-se para todas as promessas de Deus. Existem pelo menos 365 “Não temas” na bíblia.

3) Levante-se e lute.

“Levante o menino e tome-o pela mão” (18).

Reúna suas últimas forças e levante-se. Vamos Hagar levante-se e levante o menino. Erga o rapaz, reaja! Vá à luta!

Levante-se e lute por aquilo que Deus lhe deu. Renove suas forças no Senhor teu Deus. Não desista.

Não adiante ficar parado tentando encontrar “os culpados” pela situação. Pare de culpar os outros, a igreja, a falta de dinheiro… Assuma suas responsabilidades e lute.

A vida de Hagar estava por um fio, mas ao ouvir a voz do Senhor ela obedeceu se levantou e deu água para o menino. Isto criou neles um novo fôlego de vida.

4) Temos que nos adaptar aos novos tempos.

Ismael foi abandonado por seu pai, mas não foi abandonado por Deus. Ele estava com sua mãe que era uma mulher guerreira.

Eles não possuem mais as farturas e a riqueza de Abraão que lhe davam proteção.

Hoje eles vivem no deserto de Parã, tiveram que de adaptar ao local e a nova fase da vida. Porém o local de morte se tornou local de vida.

Não sabemos como, mas Hagar ficou bem de vida naquele local quem sabe vendendo água do poço.

Tem gente que fica presa, amarrada às decepções, aos traumas e às perdas do passado. Deixe o passado para trás e adapte-se o mais rápido aos novos tempos.
Você sempre terá “novas Saras” que irão lhe empurrar para o deserto, mas saia da sua zona de conforte e peça para o Senhor lhe abrir os olhos para que veja novos tempos.

A bíblia diz que Ismael se se tornou flecheiro. Creio que Hagar treinou o seu filho para defendê-los. Ensinou uma nova profissão para o seu filho.

Creia: Deus tem poder para transformar a maldição em benção.

5) Lembre-se que o mais importante de tudo é a sua família.

Com o passar do tempo Hagar percebeu que o seu filho precisava se casar e ela se emprenhou para que seu filho se casasse com uma moça egípcia.

Hoje existe uma crise generalizada nas famílias, por isto o mais importante de tudo é você investir em sua família.

Quando tudo parecer perdido e você ter que enfrentar dias difíceis, continue a fortalecer sua família.

A família deve ser o nosso porto seguro, o lugar onde todos devem encontrar afago, amor, carinho e atenção.

Por mais que exista uma troca de valores hoje, continue a oferecer a sua família os valores eternos.

Tome uma decisão hoje para sua vida e diga: “Se depender de mim, minha família será feliz”.

Aleluia! Como é feliz o homem que teme o Senhor e tem grande prazer em seus mandamentos! Seus descendentes serão poderosos na terra, serão uma geração abençoada de homens íntegros. (Sl. 112: 1, 2).

• Fonte: Pastor Jeremias Pereira – Quando as coisas vão de mal a pior.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s