Quando tudo parece perdido

QUANDO TUDO PARECE PERDIDO.
Pastor: Edgard Bacchini
Gênesis 21: 8 – 21

Todos nós temos grandes expectativas quanto ao futuro. Planejamos da melhor maneira possível nossos sonhos.

Alguns ainda estão sonhando em encontrar o grande amor de sua vida, outros já sonham com suas carreiras profissionais e outros já estão sonhando com suas aposentadorias.

Planejamos tudo da melhor forma possível e se falhar alguma coisa certamente teremos o plano “B”.

Infelizmente não estamos bem preparados para as fatalidades da vida ou para quando o dia mal chegar. Tempestades acontecem e às vezes perdemos tudo.

O que fazer quando tudo parece perdido? Quando não vemos mais saída ou quando não sabemos mais o que fazer?

A história de Hagar é impressionante quando vemos uma moça sendo roubada de seus sonhos e colocada no caminho do nada e de uma forma milagrosa Deus dá a ela e a seu filho um futuro brilhante.

Hagar trabalhava como serva na casa de Sara. Creio que ela sonhava em se casar com um pequeno pastor de ovelhas e continuar servindo a sua patroa.

Sara por sua vez ficou em idade avançada e não podia ter filhos, então vendo a fidelidade de Hagar lhe sugere a ser mãe de aluguel.
Então Sara chama seu marido Abraão e faz a proposta para ele: “Já que o Senhor me impediu de ter filhos, possua a minha serva; talvez eu possa formar família por meio dela” (16: 2).

E Abraão atendeu à proposta de Sara.

Primeira lição que aprendemos aqui é: Não tente antecipar as promessas de Deus para sua vida. Você vai arrumar problemas.

Quando Hagar percebeu que estava grávida, começou a desprezar Sara e então se criou uma rivalidade entre as duas.

Porém passados alguns anos Sara em sua velhice fica grávida e gera um filho chamado Isaque. Este filho era o filho da promessa. Agora Ismael está com uns 14 anos e Isaque com uns 4 anos.

Os dois irmãos estão brincando no quintal e Sara vê Ismael zombando de Isaque. (Bulling) Isto lhe feriu os sentimentos de mãe até ela não suportar mais.

Sara ordena que Abraão mande embora sua escrava. Então ele a chama, lhe dá um cantil de água e alguns pães como indenização e a manda juntamente com seu filho embora de casa.

O sonho acaba a moça que estava vivendo uma vida boa foi expulsa de casa, desprezada, humilhada, sem eira nem beira e um filho para sustentar.

O dia mal chegou, a casa caiu, ficou sem chão sem saber para onde ir e qual direção tomar foi caminhando pelo pior caminho: O deserto.

O pão acaba a água também e sabemos que mãe deixa de comer para dar ao filho.

Hagar não suportando ver o filho chorando e estando a morrer tomou distancia e foi chorar também.

Hagar regou aquele deserto com seu choro.

a) O choro de Hagar é o choro de todos os que veem seus planos falindo e já não existe mais recursos.

b) Seu choro é o choro de todos aqueles que viram seus planos frustrados.

c) O choro dela é o choro de todos aqueles que estão perdendo sua família.

d) O choro de Hagar é o choro de todos aqueles que estão sofrendo de alguma forma e não sabem mais o que fazer.

Mas em resposta a essas lágrimas lhe apareceu o Anjo do Senhor.

Este Anjo do Senhor é a própria presença de Jesus. E Ele chega e lhe faz uma pergunta: “O que a aflige, Hagar? Não tenha medo”.

Quero lhe falar uma coisa: Deus ouve o seu choro de onde você está!

Quando os recursos acabam e tudo parece perdido, creia, Deus consegue ver o seu choro e ouvir o seu gemido.

O poço estava lá, mas Hagar não o havia visto… Seria por causa da dor? Ou Deus criou o poço?

Ninguém sabe explicar, mas temos que orar: “Senhor abre os meus olhos para que eu veja o meu poço”.

Então Deus lhe dá uma palavra, uma nova visão e lhe faz uma promessa: “Porque dele farei um grande povo”.

Quando tudo parece perdido precisamos confiar na soberania de Deus. Ele é quem dá a última palavra.

Um dia Jó orou assim: “Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos podem ser frustrados” (Jó 42:2).

Quando as decepções, a doença e as perdas nos batem a porta somos tentados a duvidar do cuidado e da soberania do Senhor sobre nossas vidas.

Não se esqueça: Quando tudo parece perdido continue confiando na soberania de Deus.

Lembre-se sempre: Deus é o nosso provedor.

Os olhos de Hagar foram abertos… E ela viu um poço de água!

Nada é impossível para Deus. Deus é o nosso provedor.

Hagar chorou, chorou a dor do coração esperando que Deus agisse.

Lágrimas na bíblia muitas vezes estão associadas à oração que busca o impossível.

Quando tudo parece perdido, quando o plano b, c, d e até o z falharem, experimente chorar na presença de Deus.

Infelizmente vivemos no meio de uma geração de olhos secos.

Pais não choram aos pés de Jesus pela salvação e transformação dos seus filhos; mulheres não choram pela salvação dos maridos e restauração dos seus lares.

Maridos estão apenas pensando no dinheiro em seu “status” e não choram mais pela união e unidade da família.

Estamos ficando frios e duros de coração e com os olhos secos.

Deixe-me fazer uma pergunta: Qual foi a última vez que você chorou aos pés de Jesus?

Precisamos urgentemente levantar um clamor: “Põe lágrimas nos meus olhos, Senhor”!

Precisamos restaurar a nossa vida de oração. Precisamos restaurar o altar de Deus em nossas vidas.

Somente então nossos olhos serão abertos e veremos a provisão de Deus em nossas vidas.

Quando tudo parece perdido confie na soberania do Senhor, chore aos seus pés e espere por sua providencia.

Certamente ele nos abrirá os olhos e veremos o seu milagre em nossas vidas.

Lembre-se: Lágrimas são sementes. Quem semeia com lágrimas, voltará com cantos de alegria trazendo seus feixes. (sl 126: 6).

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s