O Deus que te guia (parte 2)

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2)

Pastor: Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

O DEUS QUE TE GUIA (Parte 2) – Por Edgard Bacchini

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”. Gl. 5: 25.

Na semana passada falamos a respeito de como Deus tem prazer em guiar os passos de seu povo. Falamos a respeito da vida de Abraão, da forma que Deus o chama.

Abraão ouve uma voz e em seu coração resolve obedecer esta voz. Daquele momento em diante ele sabia: Deus estava guiando os seus passos.

Deus guia seu povo de várias formas e de várias maneiras. Em Êxodo 13: 21, vemos como Deus guia e protege o seu povo.

Moisés estava deixando o Egito com seu povo sem saber por onde caminhar, mas durante o dia uma coluna de nuvem os guiava e durante a noite os guiava uma coluna de fogo.

Esta era a forma de Deus guiar e dirigir o seu povo para a liberdade.

Em Números 9: 15 – 23 ler: (Vemos aqui como Deus deseja guiar o seu povo pelo deserto).

Vemos aqui que uma nuvem cobria o tabernáculo de Deus durante o dia e de noite tinha aparência de fogo.

O que era o tabernáculo = Era uma tenda portátil feita com pelos de cabra. = Santuário portátil.

Este tabernáculo era também chamado de tenda do encontro, lugar de revelação ou lugar da presença de Deus.
O povo de Deus seguia esta nuvem. Quando a nuvem se movia, o povo de Deus desarmava a tenda e seguia o mover da nuvem.

A nuvem era o sinal visível da presença de Deus. Era um mover sobrenatural.

Notem: Eles apenas andavam quando a nuvem se movia. Eles ficavam atentos ao mover de Deus.

Às vezes a nuvem ficava parada dois dias, às vezes um mês e até mesmo por mais tempo.

Mas aquele povo somente saia do lugar quando a nuvem se movia. De outra forma eles não saiam do lugar.

Não importava se era de dia ou de noite. Quando a nuvem se movia o povo tinha que se colocar em marcha. Deus estava dando direção aquele povo.

Enquanto a nuvem não se movia aquele povo ficava cumprindo suas responsabilidades para com o Senhor. (consagração, purificação, celebração e orações).

O que aquela nuvem representa para nós hoje?

Ela representa exatamente a direção do Espírito Santo em nossas vidas.

Deus prometeu e cumpriu a sua promessa de derramamento do Espírito Santo sobre todos os que invocassem o seu nome.

Hoje não somos guiados por uma nuvem, mas somos guiados pelo Espírito Santo. Ele é quem nos dá a direção e nos coloca no caminho que devemos seguir.

A bíblia nos ordena a sermos cheios do Espírito Santo.

Devemos andar pelo Espírito e ser guiados pelo Espírito.

Devemos buscar direção do Espírito Santo de Deus para nossas vidas. Movermos-nos para onde o Espírito de Deus mandar.

Esta é a maior luta de um cristão: Ser guiado pelo Espírito ou ser dirigido pela carne = Nossas vontades.

Sermos guiados pelo Espírito é caminhar para a liberdade que Cristo nos chamou, mas se formos dirigidos pela carne seremos escravos do pecado.

Ser guiado pelo Espírito é ser transformado na pessoa e no caráter de Cristo. Isto é algo libertador.

Mas por que temos medo ou receio de sermos guiados pelo Espírito Santo?

Por causa da nossa falta de confiança na graça e na bondade de Deus para conosco.

Deus deseja nos guardar, nos proteger e dar direção para nossas vidas, mas preferimos seguir nosso próprio caminho.

Andar e ser guiado pelo Espírito significa confiança inabalável de que Deus irá cumprir todas as promessas Dele sobre minha vida.

Andar e ser guiado por Deus é depender inteiramente do amor que Ele tem por nós. É viver pela fé, por sua palavra.

È saber que Ele tem o melhor para nós a cada dia.

Por que estamos vivendo uma vida de desespero?

Por que estamos perdidos e sem saber qual direção seguir?

Porque estamos tomando decisões para nossas vidas sem consultar o Espírito Santo de Deus.

Estamos tomando decisões apenas pelo que vemos pelo que sentimos e pela nossa própria vontade.

Estamos tomando decisões pensando apenas no que é melhor para mim, para minha felicidade. (afinal eu mereço ser feliz e mais nada).

Qual a consequência disto?

Não encontramos paz, não encontramos descanso para nossas almas. Estamos confusos e passando por sofrimentos.

Precisamos voltar a buscar a direção do Espírito Santo, sermos guiados por Ele.

“Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: Este é o caminho; siga-o”. Isaias 30: 21.

Quem sabe temos tomado direção em consultar ao Espírito Santo e por isto estamos passando pelo deserto.

Mas lembre-se: Foi no deserto que aquela nuvem veio sobre o tabernáculo para dar direção ao povo de Deus.

Nós somos o tabernáculo de Deus, templo do Espírito de Deus. Sua presença é real em nossas vidas.

Então devemos nos render ao mover de Deus em nossas vidas e sermos cheios do Espírito Santo de Deus e de agora em diante guiados por Deus.

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito”.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. Rm: 8: 14.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s