ARREPENDIMENTO

ARREPENDIMENTO.
Lucas 5: 27 – 31
Por Edgard Bacchini
Muitas pessoas hoje sofrem por problemas psíquicos que na verdade podemos chamar de enfermidade da alma.
São distúrbios emocionais que aprisionam, sufocam que trazem amargura e inquietação. A pessoa não consegue viver bem consigo mesma e também não conseguem conviver bem socialmente.
Pior é que pessoas com estes sentimentos tentam se libertar, muitas fazem terapias, mas alguma coisa ainda doe, se sentem amarradas, presas em um calabouço sem fim.
O salmista declara: “Angustias do inferno se apoderaram de mim, aflição e tristeza me dominaram” Sl. 116: 3.
Como então dar um novo significado as nossas vidas? Uma nova direção? Um novo rumo?
Como encontrar satisfação. Alegria e paz?
Este texto que nós lemos fala de um homem chamado Levi. Um publicano.
O publicano era um judeu que trabalhava como cobrador de impostos para uma nação que dominava Israel. (No caso aqui Roma).
Esses coletores de impostos ganharam fama de inimigos e traidores do povo. Eram pessoas marginalizadas pelo povo, de baixa moral.
Imaginem um judeu, que vive no meio do povo judeu, mas que trabalha para outro império cobrando impostos para outra nação.
Levi era um homem exposto publicamente. Ele ganhava a vida de forma desonesta. Extorquia o povo e assim fazia sua fortuna.
Levi levava uma boa vida, mas creio que Levi tinha plena consciência que não nasceu para viver aquela vida de corrupção e engano.
Quem sabe estamos vivendo assim, sabemos que esta não é a vida que Deus preparou para nós, mas algo aconteceu no meio da nossa caminhada e nos perdemos.
Estamos vivendo no autoengano e isto nos fere a alma.
Mas como sair deste calabouço?
Jesus viu um publicano chamado Levi… Jesus viu um homem vivendo erroneamente. Desgostoso com a vida, amargurado, sufocado, inquieto.
Jesus então dá uma ordem a Levi (vem e me segue). Não é um convite… É uma ordenança.
Levi então toma uma decisão imediata, prontamente se levantou e segui o chamado de Jesus.
Levi deixou tudo para trás. Sua profissão, seu lucro fácil, seu passado… Largou tudo para seguir a Jesus.
Levi não apenas abriu o coração, mas também abriu sua casa para Jesus.
Levi prepara uma grande ceia para Jesus e seus discípulos. Outras pessoas se fazem presentes ali, mostrando que sua casa agora é um lugar de transformação.
Quem não pode ser transformado por Jesus?
Todos àqueles que se consideram bons. Que se consideram sãos, que acham que não possuem pecados, que levam uma vida justa aos seus próprios olhos.
Religiosos são os piores deles, pois acham que por que conhecem alguma coisa não precisam de mais nada. Acham que não precisam ser curados por Jesus.
Vejam… Jesus não está recriminando Levi, pelo contrário, está comendo com ele, pois Levi reconheceu que precisava de Jesus.
Jesus também não estava pactuando com o pecado de Levi, mas o estava salvando de sua vida errada.
Mas Jesus recriminou a atitude daqueles que se acham bom dizendo: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes”.
Jesus não quis com isto dizer que alguns não precisam ser curados, pelo contrário. Jesus quer dizer que os que se consideram sãos e justos estão em um estado ainda mais avançado da sua doença e do seu pecado.
“O pior enfermo é aquele que não reconhece a sua doença e o maior pecador é aquele que não se vê como pecador”. (Hernandes Dias Lopes).
Somente os que se reconhecem doente e pecadores têm consciência da necessidade de salvação e cura.
Jesus é o médico da nossa alma. Ele é o nosso redentor. Ele nos conhece, nos chama pelo nome, nos perdoa, nos ama, nos cura e nos salva.
Jesus não veio para chamar justos, mas pecadores ao arrependimento.
Todos são curados através do arrependimento. Não importa quem são o que fazem o que fizeram e da maneira que estão vivendo.
Todos que sabem que não estão vivendo a vida que Deus preparou para eles podem ser curados e perdoados dos seus pecados.
Todos que se consideram enfermos, que estão enfrentando enfermidade da alma podem ser curados através do arrependimento e se voltarem a sua vida a Jesus.
O que é arrependimento?
Alguns acham que arrepender-se é sentir-se mal quando fazem algo errado. Arrependimento para eles então é autopunição ou sentimento de culpa.
Existe diferença entre arrependimento e remorso. O remorso é causado pelo sentimento de culpa e muitas vezes por ter sido apanhado no que estava fazendo errado.
Pedro e Judas são bons exemplos de remorso e arrependimento: Pedro nega Jesus, caí em si e se volta para Jesus.
Judas percebe o erro que cometeu, fica com remorso, vai e se enforca.
O remorso nos faz sentir-se culpado, mas o arrependimento nos faz sentir a necessidade de mudar, de corrigir os erros.
O remorso nos mata ainda mais, mas o arrependimento nos cura, nos liberta.
“A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte”. II cor. 7: 10.
A palavra arrependimento na bíblia é metanoia. Que significa mudar de ideia… Inverter o percurso… Mudar de rumo… Seguir um caminho totalmente novo.
No caso do filho pródigo o arrependimento não se deu quando ele implorou o perdão do pai, mas sim quando ele decidiu mudar de vida e voltar para casa.
O que nos leva ao arrependimento?
a) É perceber que estamos doentes e saber a necessidade que precisamos de mudanças.
b) É ouvir o chamado de Jesus para segui-lo, levantar-se, deixar tudo para trás.
c) É se oferecer a Jesus, sem restrições, sem reservas, sabendo que Ele nos leva a uma nova vida.
No caso de Levi, este convidou Jesus para cear em sua casa.
Jesus nos chama hoje para mudarmos de vida, de atitude, nos arrependermos e desfrutarmos da cura da alma.
Para nós hoje é Jesus que nos faz um convite para cearmos com Ele. Assentarmos em sua mesa e desfrutarmos da nossa restauração.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s