A CELEBRAÇÃO DA CEIA DO SENHOR

A CELEBRAÇÃO DA CEIA DO SENHOR.

 Texto para Reflexão: Leia I Coríntios 11: 23 – 34

Este é sem dúvida alguma, uns dos momentos mais importantes para a igreja do Senhor Jesus: celebrarmos a ceia juntos.

Este é um momento para refletirmos e relembrarmos a obra de Cristo feita na cruz e o seu sangue derramado.

Devemos também nos lembrar de que quem instituiu este memorial foi o próprio Deus desde os tempos do Antigo Testamento, quando o Senhor libertou o seu povo da escravidão do Egito.

Apesar de algumas diferenças, existe um paralelo entre a celebração da páscoa judaica descrita no Antigo Testamento e a celebração da ceia instituída por Jesus no Novo Testamento.

Vemos, inclusive, que Jesus instituiu a ceia como memorial enquanto celebrava a comemoração da pascoa judaica. Portanto, há uma clara ligação entre as duas celebrações.

Vamos relembrar um pouco da comemoração da páscoa no Antigo Testamento. Vemos que o ritual de celebração da páscoa foi instituída pelo próprio Deus como um memorial. Veja alguns dos traços mais marcantes da festa celebrada pelos israelitas:

  1. Todo o povo deveria estar preparado para aquele momento.
  2. As famílias deveriam se reunir e sacrificar um cordeiro ou cabrito.
  3. Se a família fosse pequena demais, deveriam dividi-lo com seu vizinho mais próximo.
  4. Deveriam passar um pouco do sangue do cordeiro nos batentes de suas portas. A morte (praga) não iria entrar na casa que estivesse marcada com o sangue;
  5. Deveriam comer depressa, e estarem preparados para a fuga. Cinto no lugar, sandálias nos pés e cajado na mão.
  6. Deveriam lembrar que o Senhor Deus é o único Senhor e a praga da destruição não os atingiria.
  7. Deveriam repetir todos os anos aquele ritual em memória ao Senhor pelo que Ele fez. “Para não serem destruídos por falta de conhecimento”
  8. Quando os filhos daquele povo perguntassem o que estavam comemorando, eles responderiam prontamente: “Esta é a páscoa do Senhor”.
  9. Quando atravessaram o mar vermelho e viram seus opressores destruídos, perceberam que estavam realmente livres. Então houve louvor ao Senhor. Moisés cantou um cântico novo e Miriã pegou um tamborim tocou e dançou e proclamava: “Cantem ao Senhor, pois triunfou gloriosamente…”.

Desta forma se deu início a uma grande história de libertação de um povo que estava cativo. Eles ficaram livres para partirem rumo à terra prometida.

Quais são as dimensões da ceia do Senhor para a igreja de Cristo?

Da mesma forma que Deus libertou seu povo da escravidão do Egito, assim Jesus nos libertou da escravidão do pecado.

Jesus mesmo instituiu a ceia em uma festa de comemoração (páscoa). Àquele seria um momento de uma nova aliança, feita com o seu próprio corpo e sangue (Jesus é o Cordeiro da Nova Aliança).

“Fazei isto em memória de mim…”. A ceia é celebrada para manter viva a memória do que Jesus fez por nós.

O pão recorda o seu corpo que é dado por nós. O vinho recorda o seu sangue que ele derramou para a remissão dos nossos pecados.

Amados, não podemos negligenciar um momento tão importante para nossas vidas. Devemos reunir a família para participar desta celebração, com plena consciência de todas as suas dimensões.

      Portanto, temos que estar preparados espiritualmente, conscientes da obra de Jesus na cruz em nosso favor:

Pelo sacrifício de Jesus na cruz, fomos perdoados e reconciliados com Deus;

  1. Nosso pecado foi cravado na cruz;
  2. Jesus declarou: “Tetelestai”, ou “está pago”, “está consumado” = todos fomos declarados sem culpa.
  3. Fomos revestidos de uma nova vida;
  4. Recebemos uma nova aliança. Firmada com sangue.
  5. Fomos libertos do poder do pecado;
  6. Fomos libertos de toda e qualquer maldição;
  7. Fomos libertos do poder e das amarras de satanás;
  8. Somos um povo restaurado para vivermos para Deus;
  9. Somos um povo livre!

Aquele povo no passado caminhou pelo deserto e foi conduzido por uma coluna de nuvem durante o dia e uma coluna de fogo durante a noite.

Da mesma maneira, nós agora somos conduzidos em nossa caminhada com Cristo, pelo poder do Espírito Santo de Deus que habita em nós.

Estamos agora envolvidos em um grande mistério: Somos corpo de Cristo. Membros de uma mesma família espiritual (a Igreja).

      Por isso não podemos participar deste momento de forma indigna, sem discernir o corpo de Cristo.

Por isso temos que esperar uns pelos outros, confessar nossos pecados e pedir perdão se ofendemos alguém. A ceia somente pode ser celebrada se a comunhão estiver plenamente restaurada.

A Igreja de Corinto fazia acepção de pessoas. Comiam e se embriagavam e não esperavam pelos menos favorecidos.

Faziam da Ceia do Senhor um momento banal, como mais uma festa celebrada na carne. Não discerniam a importância espiritual daquele momento, pecando, assim, contra o próprio Corpo de Cristo.

Devemos nos examinar: Estamos pecando contra o corpo de Cristo? Ou estamos edificando o corpo de Cristo?

Estamos causando divisão na Igreja ou restaurando a comunhão? O verdadeiro cristão luta para conservar a comunhão e a paz.

Quem pode e deve participar deste momento de celebração?

Todos aqueles que confessam que Jesus Cristo é Senhor de suas vidas e foram lavados pelo sangue do cordeiro.

Devemos estar sempre prontos e preparados para este momento tão especial na vida do cristão. E quando nossos filhos perguntarem o que significa isto, responderemos: “É a Ceia do Senhor”.

  • A celebração da ceia é momento de trazer a memória o que Cristo fez;
  • Um momento de confissão de pecados;
  • Um momento de perdão e absolvição;
  • Um momento de gratidão;
  • É um momento de reafirmamos nossa aliança com Jesus;
  • É um momento de comunhão;
  • É um momento de revermos nossa “participação” no corpo. Como temos investido nossos dons e talentos em prol do Reino de Deus?
  • É um momento de renovação da fé;
  • É um momento de esperança para um novo tempo em nossas vidas;
  • É um momento de libertação e de celebrarmos a vitória de Cristo;

Creio que desta forma estaremos preparados para celebrarmos uma grande festa ao Senhor. Com louvores, cânticos, palmas, danças e alegria no coração.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s