PARA VIVER BEM A VIDA – PARTE IV: ENFRENTANDO O DIA MAU.

Texto para Reflexão: Leia Efésios 6: 10 – 18

Nesta última mensagem da série “Para viver bem a vida”, gostaria de falar a respeito de como podemos viver bem a vida, mesmo quando enfrentamos o dia mau.

O que seria este “dia mau” a que se referem as escrituras?

O dia mau acontece quando enfrentamos as dificuldades da vida, as nossas lutas e tribulações. O dia mau nos vem quando enfrentamos dificuldades financeiras, ou – ainda pior – quando temos que lidar com perdas de familiares e entes queridos, e que são naturalmente difíceis de superar.

A imagem bíblica para o dia mau é identificada com o momento em que passamos pelo “vale da sombra da morte”. São as provas e tentações, as lutas e batalhas do dia a dia.

Situações como estas são parte de nossa vida nesse mundo, e todas as pessoas – independentemente de sua religião – estão sujeitas aos mesmos males.

Não devemos crer que toda a dificuldade que passamos é fruto de um castigo de Deus, ou de uma ação diabólica.

  Porém, neste texto específico que estamos estudando, Paulo nos afirma que o dia mau pode, sim, ser um resultado das ciladas do diabo, e da nossa luta contra principados e potestades deste mundo, que é dominado pelas forças espirituais do mal.

Não podemos estar enganados: estamos em meio a uma luta invisível, contra forças que tentam nos desestabilizar de todas as formas.

A guerra espiritual não é uma ficção. Nosso inimigo é real e para enfrenta-lo não podemos usar armas humanas.

Precisamos de armas espirituais poderosas em Deus, para desfazer fortalezas do mal e derrotar o inimigo.

Como enfrentar essas forças malignas e permanecer inabalável?

Paulo nos traz uma resposta: “Fortaleçam-se no Senhor e na força de Seu poder” (10).

A primeira coisa que devemos saber é que não podemos entrar nesta guerra com nossas próprias forças. Precisamos estar revestidos de poder espiritual. Um poder que vem do alto, do trono de Deus.

Precisamos experimentar este poder. Devemos orar mais, jejuar mais, buscar fazer a vontade de Deus.

Precisamos de um batismo de fogo. Clamar ao Senhor por este revestimento de poder, pois, somente assim, sairemos vitoriosos desta guerra.

Somente Deus nos dá poder para suplantar todas as armadilhas do diabo. Portanto, busquem fortalecimento no Senhor e no seu poder.

Precisamos, também, nos revestir de toda a armadura de Deus.

Quando se fala em “toda”, significa que não podemos deixar nenhuma peça desta armadura de lado. Ninguém vai para uma guerra desprovido de escudo ou sem arma ou ainda descalço.

Quais são as peças desta armadura:

      1) Cinto da verdade: O cinto é o que segurava todas as outras partes da armadura.

A verdade é a força na vida de uma pessoa vitoriosa. Uma pessoa com consciência limpa pode enfrentar qualquer inimigo sem medo.

Precisamos saber que “Satanás é o pai da mentira”. E a máscara da mentira, um dia, cai. Se você vive andando na mentira, é certo que, um dia, vão te descobrir.

“Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo”. Ef. 4: 25.

  •  Couraça da justiça: A couraça era uma peça de metal que cobria o soldado desde o pescoço até ao peito.

      Esta peça protegia o coração e os órgãos vitais de uma pessoa.

O que temos guardado no coração? Será que temos guardado sentimentos estranhos à palavra de Deus?

Falta de perdão, ira, ódio, inveja, ciúmes, contendas, falsidade – todas essas coisas enfraquecem nosso coração e nos deixam vulneráveis à ação do inimigo.

Devemos proteger nosso coração, vivendo uma vida totalmente entregue a Deus. Uma vida justa aos olhos de Deus e dos homens, buscando a retidão em tudo.

  •  Pés calçados com a prontidão do evangelho: Somos embaixadores de Cristo. Pregamos o evangelho da paz.

Como diz a Palavra de Deus: “Quão formosos são os pés daqueles que anunciam boas novas, que proclamam a paz, que trazem boas notícias, que proclamam a salvação”. (Is. 52: 7).

Para onde os seus pés têm levado você? Que notícias eles têm “se apressado” para dar?

Há pessoas que se apressam para fazerem fofocas, intrigas e para trazerem más notícias. Essas pessoas, infelizmente, estão correndo na direção contrária à vontade de Deus.

Um verdadeiro discípulo de Cristo tem pés que se apressam para fazer a obra do Senhor.

  • O escudo da fé: O escudo protege todo o corpo de um soldado.

Uma das armas mais terríveis dos adversários eram os dardos de fogo, porque não apenas feriam, mas também incendiavam.

Satanás lança dados de fogo em nosso coração e em nossa mente. Mentiras, pensamentos de vingança, dúvidas e desejo de pecar.

Precisamos nos proteger com o escudo da fé. “Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé…” àquele “que nasceu de Deus o protege e o maligno não o atinge”. (I Jo. 5: 4 e 19).

Precisamos apagar as setas inflamadas do maligno com a nossa fé.

  •  O capacete da salvação: Protege a cabeça e a mente de um soldado.

O ataque de Satanás acontece, primeiro, na mente das pessoas. Esta foi a estratégia pela qual ele enganou Adão e Eva.

Temos que nos lembrar sempre: “Eu sei que sou amado por Deus e que nada e ninguém pode me separar do seu amor que está em Cristo Jesus”.

A fé, a confiança inabalável no amor de Deus e em seus altos propósitos para nossa vida, nos protege das palavras de dúvida e incredulidade lançadas pelo inimigo.

  • A espada do Espírito, que é a palavra de Deus, é a única arma de ataque.

Vencemos os ataques do diabo somente por meio da Palavra de Deus. É pela Palavra da Verdade que os prisioneiros são libertos.

     A Palavra de Deus é poderosa, viva e eficaz. Jesus venceu Satanás no deserto usando a espada da Palavra.

Podemos perceber quão importante para nós é ter conhecimento da Palavra de Deus. Quão importante é lê-la, entende-la e deixa-la ganhar vida em nosso coração.

Outro ponto muito importante é o combustível que nos faz mover-nos em tudo, que é a oração.

   Orar no Espírito deve ser a atmosfera da nossa oração. A oração deve e precisa ser motivada e assistida pelo Espírito Santo. Não sabemos orar como convém, mas o Espírito nos assiste em nossa fraqueza. 

      Somos exortados a orar em todo tempo, com súplica, intercessão e ação de graças.

Devemos ser perseverantes na oração. A oração vai fortalecer o nosso coração e, certamente, nos tornaremos mais aptos a discernir a vontade do Senhor.

Algo importantíssimo que não podemos deixar de falar:

Não podemos subestimar nosso inimigo, como se ele não existisse, ou como se fosse uma fábula ou apenas uma “energia negativa”, não personificada.

Por outro lado, também não podemos “superestimar” a ação do inimigo. No meio cristão, existem pessoas que falam mais no diabo do que de Deus. Fazem do diabo o protagonista de tudo.

Essas pessoas transferem para o diabo toda a responsabilidade pessoal e acabam confundindo o que é, de fato, fruto da ação do diabo, de coisas que são dificuldades normais da vida, e, ainda, das obras que são frutos da nossa carne.

Uma pessoa que comete adultério, por exemplo, não o fez por causa do diabo, mas por causa da fraqueza da sua carne. Uma pessoa que tenha caído em tal pecado precisa de arrependimento, e não de exorcismo.

Pra viver bem a vida devemos estar preparados para toda e qualquer situação.

 Como em toda a série “Para Viver Bem a Vida”, sempre retomamos à mesma pergunta: De que forma estamos vivendo a vida: “De forma sábia ou insensata?”.

Jesus nos ensinou que devemos ser como sábios construtores, que construíram suas casas firmadas na rocha, e não na areia.

Viva de maneira sábia, sendo sensato em tudo e se revista do Senhor e da força do seu poder, somente assim conseguiremos viver bem a vida, mesmo quando enfrentarmos os dias maus.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s