RELACIONAMENTO PAIS E FILHOS – Pr. Edgard Bacchini

Texto para Reflexão: II Samuel 13 – 20

Não existe família perfeita, mas creio que é possível revertermos alguns quadros familiares e caminharmos juntos rumo a um padrão mais elevado.

Tragédias familiares acontecem e sempre aconteceram, e, nesta noite, gostaria de tirar algumas lições de fatos tristes que marcaram o relacionamento entre Absalão e seu pai Davi.

Creio que Deus permitiu que esta história fosse escrita na Bíblia para que pudéssemos aprender com os erros e marcas de um relacionamento em que há oposição, rivalidade entre pais e filhos.

COMO SE INICIA A INIMIZADE ENTRE PAI E FILHO:

No capítulo 13 vemos que Amon, meio irmão de Absalão, nutriu uma paixão por Tamar, irmã de Absalão.

Amon, primeiro filho de Davi, sucessor do trono, orientado por um amigo arma uma cilada para sua irmã. Não apenas violentou Tamar, como depois a repudiou e a escurraçou para fora de sua casa. (14: 11 – 15)

O que fez Davi? Nada. Não corrigiu Amon, apenas ficou indignado com a atitude dele. Davi fica enfurecido, mas não tomou nenhuma providência. (14: 21)

Pior ainda, nem consolou Tamar sua filha. A Bíblia não retrata de nenhuma palavra de Davi para sua filha. violentada no corpo e, agora, violentada na alma.

Como se inicia a inimizade? Quando não confrontamos, quando não corrigimos nossos filhos, quando não exortamos, quando não aconselhamos, quando não disciplinamos, quando não nos aproximamos de suas causas e não temos interesse em seus problemas.

O que faz Tamar? Corre para casa de Absalão, ali ela encontra consolo, mas Absalão nutre no coração um ardente ódio e desejo de vingança.

Passados dois anos, Absalão arma então uma cilada para matar Amon. Pede para Davi permitir que Amon vá a uma festa e, nesta festa, Absalão deixa Amon embriagado de vinho. (13: 28)

Amon, talvez, tenha se tornado um alcoólatra por não se perdoar, ou por não se arrepender do que fez. Absalão sabia que Amon era dado ao vinho. E Davi sabia disto?

Davi não conseguiu perceber todos sinais na trama de Absalão de que algo não ia muito bem.

Meus amados, devemos estar atentos aos mínimos sintomas em nossos filhos. Sabemos exatamente que algo não está bem, algo esta acontecendo, algo está errado e temos que ter coragem para exortá-los.

Se desconfiarmos que alguma coisa está errada, é quase  certo que alguma coisa está acontecendo.

Absalão não dominou a magoa, nutriu ódio por seu irmão. Em vez de resolver o problema familiar, criou outros ainda maiores e mais graves. (“Eis que o pecado está a porta, cabe, porém a ti dominá-lo”).

Ainda hoje, em muitas famílias, há feridas não curadas; há magoas não perdoadas; há irmãos lutando contra irmãos. Hoje é dia de irmãos se perdoarem.

Davi não corrigiu Amom, não consolou Tamar e agora enfrenta a dor de ter um filho morto e um filho assassino. Tragédia familiar que poderia ser evitada.

A INIMIZADE PASSA POR UM PROCESSO DE FUGA E A AUSENCIA DE DIÁLOGO.

Absalão foge para a cidade de seu avô e fica lá por mais de três anos. (13: 37, 38).

Fica um silêncio “gelado” entre Davi e Absalão, o que faz com que Davi se sentisse consolado, mas Absalão amargurado.

Três anos passam, pai e filho sem se encontrar, sem se falar.

É um ledo engano pensar que o silêncio é sinônimo de perdão. É um terrível equivoco pensar que o tempo, sozinho, remove a magoa, sem as forças curativas do perdão, e sem o enfrentamento das causas reais do problema.

Precisamos de uma família restaurada aos pés da cruz de Cristo. Necessitamos pedir perdão e sermos perdoados. O silencio, às vezes, é algo nocivo.

SENTIMENTO DE REIJEIÇÃO: UMA ARMA MORTÍFERA. (14: 24).

Joabe, conselheiro de Davi percebe que o pai tem saudades do filho, e sabe que o filho quer voltar para casa, então arma uma trama com uma mulher de Tecoa, até que consegue convencer Davi a permitir que Absalão volte para casa.

Notem que situação mais desconfortável: Absalão pode voltar pra casa, mas não pode estar na presença do próprio pai.

Quantos pais estão com seus filhos em casa, mas não lhes dão a devida atenção. Não conversam.

O ambiente vai ficando tão insuportável que Absalão dá um grito de desespero. “Quero ser recebido pelo rei, se eu for culpado de alguma coisa, que ele mande me matar”. (14:32).

Em outras palavras ele está dizendo: “Prefiro que o senhor me mate do que ficar sem falar comigo”.

Pais, este está sendo o grito de muitos filhos, eles querem se comunicar, mas temos tido coisas mais importantes para resolver

Um pai chegou para o filho e disse: Eu quero ser seu amigo. O filho respondeu, quero apenas que o senhor seja um pai.

INDIFERENÇA, ALGO MALÉFICO. “O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença”. Érico Veríssimo.

Davi resolve permitir que seu filho o visite, ele vem, entra na presença do pai, se prosta com o rosto em terra, Davi apenas lhe dá um beijo na face. (14: 33).

Davi não lhe dirigiu nenhuma palavra. O pai pensa que tudo se resolve com um beijinho no rosto.

Indiferença, falta de diálogo entre pai e filho, abre feridas ainda mais profundas no coração.

A morte do diálogo tem produzido grandes tensões, profundas mágoas e grandes revoltas no coração dos filhos, o que, na maioria das vezes, acaba desembocando numa verdadeira tragédia familiar.

FILHOS REVOLTADOS CONSPIRAM CONTRA A PRÓPRIA FAMÍLIA.

Perdem a noção do juízo, perdem o equilíbrio, perdem a sensibilidade, perdem a razão.

Absalão sai da presença do pai disposto a armar uma conspiração, uma revolta, tomar o lugar do pai.

Durante quatro anos Absalão furtou o coração do povo preparando uma revolta armada contra seu pai. Ao todo, foram nove anos de “pendências” entre pai e filho.

Quatro anos de “vistas grossas” para uma situação insustentável de mágoas e ressentimentos, até que, um dia,  Absalão não queria mais diálogo, não queria reconciliação, não queria mais perdão.

Queria apenas uma coisa: Matar o pai e tomar-lhe o trono.

FILHOS QUE TOMAM CONSELHOS TOLOS FAZEM COISAS REPUGNANTES.

Davi prefere fugir a ter que enfrentar seu filho. Davi amava Absalão, não queria matá-lo.

Mas Absalão segue o conselho de Aitofel e tem relações sexuais com as concubinas de Davi em praça pública. (16;21.22)

Absalão desonra o pai. “Honra teu pai e tua mãe”, este é o primeiro mandamento com promessa. Para que tudo te corra bem e tenhas vida longa sobre a terra.

TRAGÉDIA ANUNCIADA.

Nesta loucura de pai contra filho, filho contra pai poderia acontecer apenas uma coisa: Morte, tragédia familiar.

Absalão morre. Cap. 18; 9 e 14.

TARDE DEMAIS PARA AMAR, TARDE DEMAIS PARA CHORAR. (18: 33).

Davi declara o seu amor pelo filho tarde demais. Quando o filho não podia mais ver suas lágrimas, ouvir sua voz, sentir seu abraço e seu calor. Quando o envolvimento emocional e o verdadeiro perdão já não eram mais possíveis.

Esta história é um alerta para todos nós:

1) Não podemos adiar a solução de problemas
2) Relacionamento familiar deve ser tratado com seriedade.
3) Princípios de amizade, amor devem reger nosso relacionamento familiar.
4) Diálogo e lealdade devem existir sempre
5) Perdão é a chave para um relacionamento familiar saudável.

Em um enterro de um filho existem 45 coroas de flores, mas nada substitui um abraço amigo durante a vida. Pensemos nisso, e que possamos fazer tudo que esteja ao nosso alcance, enquanto ainda há tempo.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s