JESUS, O PÃO DA VIDA – Pr. Edgard Bacchini

João 6: 25 – 29

Na semana passada falamos a respeito da multiplicação dos pães, que Jesus se compadece de nós e que mesmo sem os recursos necessários, Jesus transforma as circunstâncias desfavoráveis.

Depois daquela multiplicação, muitos começaram a seguir Jesus, então ele se retira sozinho, sobe em um monte para orar enquanto seus discípulos entram em um barco para irem para Cafarnaum.

Sopra sobre eles um vento forte e as águas ficaram agitadas, então Jesus chega andando sobre as águas. Todos ficam surpreendidos, pensando que era um fantasma.

Pedro então diz: Sê és tu, manda ir ter contigo, ele vai de logo depois afunda.

Mas isto nos mostra que quem quer ir até Jesus tem que se levantar, sem que sair da sua zona de conforto, tem que sair da sua zona de segurança, tem que estar preparado para andar sobre as águas, mesmo que o barco esteja afundando.

Mas quando o povo percebe que Jesus atravessa o mar, todos vão atrás Dele e perguntam: “Mas, como o Senhor chegou até aqui?”.

A resposta de Jesus é outra. Parece até mesmo curta e grossa: “Vocês estão me procurando somente por causa do que comeram e ficaram satisfeitos com isto.

Então Jesus faz uma exortação surpreendente: Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna.

“Jesus não está dizendo que não devemos trabalhar, mas que o Reino de Deus deve ser a nossa principal motivação”.

Vejamos, é uma mudança completa de visão da vida. Você já se questionou sobre algumas situações?

a) Para quem você trabalha?
b) Por que você trabalha?
c) Para quê, estamos trabalhando?

Se nos fatigarmos trabalhando somente para nós mesmo, apenas para nosso próprio sustendo… Apenas por causa dos nossos sonhos… Apenas por causa dos nossos projetos, certamente morreremos.

Em Lucas 12 temos a parábola do rico insensato: Jesus adverte para termos cuidado com todo tipo de ganância e diz para o rico insensato: “Louco, nesta noite lhe pediram a sua alma, e o que você tem preparado para quem será?”.

Jesus está ensinando que a vida é mais importante do que comida, corpo e roupas e ter ou possuir coisas.

Para quê devemos trabalhar então? Para aquilo que é eterno, que não estraga que não se deteriora que não é perecível, que não tem prazo de validade.

Trabalhem para a vida eterna, a qual somente Jesus pode dar. Para isto temos que nos alimentar Dele.

Jesus é o único que pode trazer satisfação integral.

Jesus está perguntando aquele povo: Vocês vieram atrás de mim por causa do quê?… Dos milagres… Dos pães.

É como se Jesus estivesse dizendo: Hoje não tem milagre, hoje não vai ter pão. Vocês vão ter que se alimentar da minha palavra. “EU SOU O PÃO DA VIDA”.

Queremos a benção, mas não queremos o Senhor.

O pão humano não satisfaz… O dinheiro não satisfaz… A roupa não satisfaz… O carro novo não satisfaz… A profissão e a carreira não satisfaz.

Somente Jesus a vida satisfaz.

Jesus disse: “Eu sou o pão da vida”. Quem se alimenta de Jesus come a comida para a vida eterna.

Quem se alimenta de Jesus sacia a sua fome espiritual, sacia a sua sede.

Acaba a sua procura, acaba a ansiedade pela vida e a busca pelo seu vazio interior.

Jesus disse: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede”.

No vers. 37 Jesus ainda diz: “E todo aquele que vier a mim eu jamais rejeitarei”.

Quem se achega até Jesus nunca será rejeitado. Podemos nos achegar até Jesus da maneira como estamos. Cansados, sobrecarregados com nossos pecados, com um coração cheio de dúvidas.

Mas Jesus acolhe a todos, indistintivamente.
Não vamos nos encontrar procurando nas religiões ou qualquer outra coisa espiritual ou mística.

Ficamos presos ao passado, a religião dos nossos pais e até mesmo a algum tipo de algo que nos aconteceu de sobrenatural no passado.

Mas e hoje? Do que você tem se alimentado?

Qual tem sido a sua comida? O seu alimento? Qual tem sido a sua bebida? O que tem matado a sua sede?

Somente Jesus tem poder para mudar a nossa história e nos dar uma nova vida.

Então perguntaram para Jesus: O que precisamos fazer para realizar as obras que Deus requer?

E Jesus responde: Que você creia Naquele que ele enviou.

“Por que a vontade de meu Pai é que todo aquele que olhar para o Filho e nele crê tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia”. (40).

Vamos ter que sair da nossa zona de conforto e começar a andar pela fé.

Anúncios

Sobre Comunidade Moriah

Seja bem vindo! Você acessou a página da Comunidade Moriah, uma Comunidade Cristã dedicada a viver e propagar a mensagem do Evangelho sem barganhas, em um espírito de humildade, sinceridade, moderação e amor. Aqui você poderá ficar por dentro de nossas atividades e conferir algumas das mensagens que têm sido ministradas entre nós. Esperamos que elas possam abençoar a sua vida tanto quanto nos têm abençoado!
Esse post foi publicado em Pregações e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s